enem 2020

Candidatos preferiam o adiamento do Exame Nacional do Ensino Médio

Diferença social foi um agravante na preparação e no acesso aos conteúdos

Natália Müller Poll
Foto: Foto: Arquivo pessoal


Foto: Arquivo pessoal

Dias antes da aplicação da primeira prova do Enem, candidatos pediram o adiamento do concurso e lançaram nas redes sociais a campanha #AdiaEnem. A Defensoria Pública da União (DPU) briga na Justiça por uma nova data e agora outras frentes questionam o atual cronograma do Exame. E os argumentos são defendidos por uma parcela dos alunos que neste ano também são candidatos.  

VÍDEO: 15 temas que são apostas para a redação do Enem

O Diário conversou com alunos que planejam fazer a prova e a maioria relatou que não acha o momento adequado. Principalmente em função da preparação, já que muitos não tiveram estrutura para acompanhar o ensino remoto. De acordo com esses estudantes, não faz sentido ter as provas antes da campanha de vacinação. Mesmo com acesso à internet e estrutura para estudar em casa, a aluna do 3º ano da Escola Cilon Rosa, Anna Paula Passos, 17 anos, disse ter sido totalmente a favor do adiamento.

- Além do aumento dos casos de Covid, muitos alunos não tiveram condições de assistir as aulas online, assinar um cursinho virtual ou simplesmente acessar videoaulas pelo YouTube. Eu tive todos os meios (internet, computador e aulas) e mesmo assim foi difícil a adaptação. Eu sinto como se eu não tivesse aprendido tanto quanto teria aprendido nas aulas presenciais - relata Anna, que ainda não decidiu para qual curso vai disputar uma vaga.

Já para Ágata Goergen, 19 anos, que vai prestar o Enem pela terceira vez, este foi o melhor ano de preparação.

- Eu tive a sorte de ter professores de cursinho que nos deram todo suporte necessário, tanto nas aulas remotas, quanto na segurança desde a retomada das aulas presenciais - conta.

Ela acredita, ainda, que a prova não vai oferecer riscos de contágio, se obedecidas todas as regras de prevenção a Covid-19.


O estudante Victor Augusto Fernandes Torres, 21 anos, compartilha da mesma ideia da Anna em relação a preparação para a prova, e discorda da Ágata sobre os riscos de contágio da Covid-19:

- Infelizmente, o maior impacto desta edição do Enem está na preparação para a prova. Cada vez mais, o exame vem sendo seletivo para alunos que cursam pré-vestibulares pagos, prejudicando aqueles que não têm condição financeira para isso. Sobre os riscos da Covid no dia da prova, eu acho que é arriscado sim. Em algum momento o candidato precisa tirar a máscara e pode acabar levando o vírus para seus familiares.

Briga na Justiça, escolas fechadas e outros impasses envolvendo o Enem

Além da campanha na internet pelo adiamento da prova, na medida que a data prevista para o Exame se aproxima, outros impasses sugem. A DPU recorreu na Justiça Federal, após decisão em primeira instância manter a data da prova em 17 e 24 de janeiro. Os casos confirmados de Covid-19 são registrados e acendem o alerta de outras autoridades, que também se manifestaram contra a prova em janeiro.

Acompanhe dicas do Enem na TV Diário

Um dos casos envolve a prefeitura de Manaus, que decidiu que não vai liberar escolas municipais para a aplicação do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) neste domingo. O ministro da Educação, Milton Ribeiro, e o presidente do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais), Alexandre Lopes, estão em tratativas com o prefeito de Manaus, David Almeida (Avante), e com o governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), para buscar uma solução para a aplicação do Enem.

VÍDEOS: professores de dois cursinhos lançam apostas de cada disciplina no Enem

Além de decidir não ceder as escolas municipais para aplicação do exame, a prefeitura de Manaus pediu que a prova fosse adiada para que os alunos do município não sejam prejudicados.

- É uma temeridade, sobretudo nesse momento. Hoje é dia 12, a prova será daqui a cinco dias, e sabemos que a situação de Manaus em relação a pandemia não vai arrefecer até lá. Abrir as escolas para o Enem representa aglomeração na frente e no interior delas. Enviamos as nossas razões ao Ministério Público e também sugerimos que o Enem seja cancelado _ disse o secretário de Educação, Pauderney Avelino.

Outro pedido que pode pesar na decisão é referente a um ofício do Conselho Nacional dos Secretários de Saúde (Conass) enviado ao Ministério da Educação (MEC) em que defende uma nova data.


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190