ensino

20 mil alunos retomam às aulas nesta semana em Santa Maria

Na rede estadual, nove escolas cumprem o calendário oficial da Secretaria de Educação

Natália Müller Poll
Foto: Foto: Tiago Coutinho (Diário)

Foto: Tiago Coutinho (Diário)

A semana é de expectativa para uma parcela de estudantes de Santa Maria, que voltam às salas de aula para cumprir mais um ano letivo. No município, cerca de 20 mil alunos estão matriculados no Ensino Fundamental e Educação Infantil, que terão início das aulas divididas entre quarta e quinta-feira. Na rede estadual, apenas nove escolas cumprem o calendário oficial da Secretaria de Educação, com os alunos entrando em atividades nesta terça. As demais retornarão gradativamente, em função do período de greve de cada uma delas - algumas terão início só na metade de março. As principais novidades deste ano letivo são o projeto Educação Gaúcha Conectada, que vai incluir, por exemplo, aulas de robótica no dia a dia dos alunos de 23 escolas da rede municipal de Santa Maria, e a implementação do Novo Ensino Médio na rede estadual, que na prática, começará agora em apenas duas escolas estaduais da cidade: o Colégio Manoel Ribas e o Instituto Guilherme Prado Veppo. 

Chamada oral em três campi da UFSM ocorre nesta terça e quarta

Para a rede estadual, a volta às aulas de 2020 vem com reflexos da greve dos professores, iniciada em 2019. Segundo o titular da 8ª Coordenadoria Regional de Educação (8ª CRE), José Luiz Eggres, algumas escolas ainda estão finalizando o ano letivo de 2019, como é o caso da CIEP Paulo Lauda, que encerra as atividades letivas apenas nesta terça.

- Nosso planejamento prevê que 46 escolas da rede da 8ª CRE comecem as aulas em 18 de fevereiro (hoje), conforme calendário da Secretaria de Educação. Além disso, 26 escolas começam após essa data (até 29 de fevereiro) e 28 escolas no decorrer do mês de março - diz Eggres.

Curso pré-universitário gratuito abre inscrições nesta segunda-feira

A novidade é a implementação do Novo Ensino Médio nas escolas Manoel Ribas e Guilherme Prado Veppo, que vão funcionar como colégios-piloto do projeto. Elas estão entre as 300 do Estado que implementarão esse sistema neste ano. A expectativa é que em 2021 se amplie o número de escolas com essa oferta.

O vice-diretor do turno da manhã da escola Manoel Ribas, Elder Luiz Santini, conta que o corpo docente do Maneco passou o ano de 2019 se preparando e participando de cursos de capacitação para o novo sistema.

- Em 2020, nós teremos 13 turmas de primeiro ano, que estarão em processo de implementação do Novo Ensino Médio aqui na escola. O que muda para estes alunos é, principalmente, a carga horária das disciplinas e a escolha das áreas temáticas de conhecimento. Nosso maior desafio tem sido trabalhar em cima de algo tão diferente do habitual, pois é necessário readequar todo o conteúdo na nova carga horária - diz Santini.

38 cursos de pós-graduação estão com inscrições abertas em Santa Maria

NOVO ENSINO MÉDIO
Guiada pela nova Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e pelas novas Diretrizes Curriculares Nacionais (DCNs), homologadas em 2018, a reforma do Ensino Médio amplia de 800 horas de aula por ano - 4 horas por dia - para um mínimo de mil horas anuais - 5 horas por dia. 

Desta forma, os estudantes cursarão até, no máximo, 1.200 horas anuais, divididas entre disciplinas obrigatórias - como português, língua inglesa e matemática - e as demais, como geografia, história e biologia, que podem ser abordadas de forma interdisciplinar em todos ou em alguns anos. Além destas, o aluno vai poder optar dentre cinco áreas temáticas como: ciências da natureza; ciências humanas e sociais aplicadas; linguagens; matemática; e formação técnica e profissional. A ideia é fazer com que o estudante seja ativo no processo de aprendizado, ao possibilitar que direcione o ensino para a área em que tem interesse. Se deseja cursar Medicina, por exemplo, o aluno poderá escolher participar de projetos que focam em ciências da natureza.

23 colégios municipais terão aulas de robótica
A maior parte das escolas municipais vai retomar as aulas nesta quarta. Já outros 23 colégios, que integram o projeto Educação Gaúcha Conectada, começarão suas atividades na quinta-feira. Desde segunda, essas escolas estão reunidas para receber capacitação e formação para implementar o programa nas instituições. Sendo essa uma das grandes novidades desse início de ano letivo. 

Segundo a Superintendência de Comunicação da Prefeitura de Santa Maria, foram investidos R$ 3 milhões em laboratórios, espaço maker e equipamentos de robótica nas instituições de Santa Maria e Cachoeira do Sul, outra contemplada pelo projeto.

As demais instituições municipais iniciam as atividades na quarta.

BOAS-VINDAS
Ainda nesta terça, a partir das 14h30min, professores e servidores serão recebidos no Centro de Convenções da UFSM para um evento de boas-vindas, que marca a volta às aulas da rede municipal de ensino. A reunião vai contar com palestra de um convidado especial, de renome nacional.

RETOMADA DAS AULAS NAS ESTADUAIS
Voltam às aulas nesta terça

  • Dr. Fernando Coser
  • Almiro Beltrame
  • Arroio Grande
  • Antônio Xavier da Rocha
  • Paulo Freire
  • Marechal Humberto Castelo Branco
  • Julieta Balestro
  • Mário Quintana
  • Indígena Yvyra Tenonde Vera Miri

Voltam às aulas em março

  • Cilon Rosa
  • Coronel Pilar
  • Olavo Bilac
  • Ciep Paulo Lauda
  • Manoel Ribas


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190