no domingo

Às vésperas do exame, Enem tem novo horário de acesso aos locais de provas

Saiba o que mudou e quais são as medidas de prevenção exigidas no dia do exame

Natália Müller Poll
Foto: Foto: Pedro Piegas (Diário)


Foto: Pedro Piegas (Diário)

ATUALIZADA - matéria atualizada às 14h19min do dia 12 de janeiro de 2021

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) adicionou, nesta segunda, mais um elemento ao Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Em nota, a instituição, informou que, nesta edição, o acesso aos locais de prova será liberado mais cedo que o de costume. A menos de uma semana do primeiro dia de prova - marcada para este domingo -, a notícia reforça o nervosismo e a ansiedade que costumam acompanhar os candidatos. 

Além da preparação, houve polêmicas envolvendo o exame, por causa da pandemia da Covid-19 - fato que ampliou o abismo entre os ensinos público e privado no país. A Defensoria Pública da União pediu adiamento da prova por conta do avanço da pandemia. Porém, a Justiça Federal negou o pedido.

Para auxiliar, o Diário ouviu professores e reuniu dicas para ajudar nessa reta final. Afinal, segundo o Inep, são 5,7 milhões de inscritos nas duas modalidades de prova (impressa e digital), o que representa um aumento de 13,5% em relação ao quantitativo da última edição.

Os participantes e os demais envolvidos nos processos nos dias de provas deverão seguir uma série de cuidados para evitar a transmissão do vírus (confira abaixo). Conforme a professora de espanhol Aline Barbosa, os candidatos podem esperar um Enem no mesmo nível dos anteriores.
- É uma prova complexa, e o nível de dificuldade é o mesmo dos outros anos, tanto na prova digital quanto na impressa. Na minha disciplina, por exemplo, nunca vi aluno acertar todas as questões - diz a professora. 
Além do conteúdo, a dica do professor de literatura e sócio-proprietário do Doctor Pré-Vestibular, Escobar Nogueira, é não deixar de lado o descanso da mente. 

O QUE MUDA
A medida de antecipar o acesso aos locais de prova, segundo o Inep, busca evitar aglomerações e a consequente disseminação da Covid-19. O instituto informou que os portões serão abertos às 11h30min (horário de Brasília), e fechados às 13h. 

Mesmo sem alterações de conteúdo em relação aos anos anteriores, a edição do Enem 2020, certamente, será uma experiência diferente para os candidatos. Além da mudança na data - inicialmente, as provas estavam marcadas para novembro de 2020 - e no horário de acesso, o uso de máscara será obrigatório e haverá menos alunos por sala de aula, segundo o Ministério da Educação (MEC). 

A ESTRUTURA DO EXAME

  • Dois domingos - No total, a prova tem uma redação e 45 questões em cada prova das quatro áreas de conhecimento - linguagens, códigos e ciências humanas; ciências da natureza e matemática  
  • 17 de janeiro - Questões voltadas à área de linguagens e humanas
  • 24 de janeiro - Segundo dia de prova presencial, com questões de ciências da natureza e matemática
  • 31 de janeiro e 7 de fevereiro - Provas online, neste ano em versão experimental em capitais. Para alunos com problemas de saúde, a prova será reaplicada em 23 e 24 de fevereiro
  • Resultados - 29 de março de 2021 

AS REGRAS

  • Na redação, o aluno deverá possuir pontuação mínima de 400 pontos
  • Será exigido 450 pontos no mínimo na prova objetiva
  • Agora o critério de nota da redação não é acima de zero. Você terá que se esforçar mais e montar a redação da melhor maneira possível

MEDIDAS DE PREVENÇÃO A COVID-19 

  • Fica proibida a entrada do participante no local de provas após o fechamento dos portões e sem a máscara de proteção contra a Covid-19. Não é possível permanecer no local de provas sem máscara  
  • Durante a identificação, será necessária a higienização das mãos com álcool gel próprio ou fornecido pelo aplicador, antes de entrar na sala de provas
  • A ida ao banheiro será permitida desde que o participante seja acompanhado pelo fiscal, respeitando a distância prevista nos protocolos de proteção contra a Covid-19
  • O participante que não utilizar a máscara cobrindo totalmente o nariz e a boca, desde sua entrada até sua saída do local de provas, ou recusar-se, injustificadamente, a respeitar os Protocolos de proteção contra a Covid-19, a qualquer momento, será eliminado do exame, exceto para os casos previstos na Lei n.º 14.019, de 2020
  • A vistoria de lanches e a revista eletrônica nos locais de provas, por meio do uso de detector de metais, também deverá respeitar os protocolos de prevenção contra a Covid-19. Só será Permitida a retirada da máscara para alimentação ou ingestão de líquidos, desde que sem tocar na parte frontal, prosseguida da higienização das mãos com álcool gel
  • Canais de informação - As informações a respeito do Enem 2020 podem ser acompanhadas nos portais do Inep e do Ministério da Educação, assim como nas redes sociais oficiais dos dois órgãos do Governo Federal. Dúvidas podem ser sanadas pelo Fale Conosco do instituto, por meio do autoatendimento online ou do 0800 616161 (somente chamadas de telefone fixo)

10 DICAS PARA OS ÚLTIMOS DIAS ANTES DA PROVA 

  • Momento de relaxar nos estudos - Não adianta tentar compensar o que não deu pra fazer durante o ano. Caso a redução brusca o deixe inseguro e ansioso, faça uso dos mapas mentais e resumos que foram elaborados para relembrar tópicos importantes  
  • Lembre que a prova do Enem tem duas etapas - Se você pretende revisar algum conteúdo, nesta primeira semana, foque nos conteúdos da primeira prova (Ciências Humanas, linguagens e Redação) e, na semana seguinte, nos conteúdos da segunda prova (Matemática e Ciências da Natureza)
  • Não altere a sua rotina - Principalmente, os hábitos alimentares. Uma mudança, neste momento, pode gerar desconforto e desequilíbrio. Mas lembre, beba bastante água e não se esqueça de levar sua garrafinha com água na prova
  • Procure dormir entre 7 e 8 horas por noite - Não durma à tarde. Você precisa estar bem disposto no horário em que a prova é aplicada
  • Atividade física é importante, mas nada excepcional - Se você não faz academia, faça uma caminhada leve. A ideia é aliviar a tensão
  • No dia da prova - Não esqueça de levar sua identidade e seu instrumento de trabalho: a caneta
  • Não se atrase - Saia com antecedência de casa para evitar o estresse
  • Procure sua sala, encontre seu lugar e procure fazer o seguinte exercício - Sente, com a coluna ereta, feche os olhos e tente ouvir os sons ao redor. Depois, tente pensar em cada parte do seu corpo e, finalmente, inspire e expire, observando o ar que entra e sai. Esta prática ajudará no relaxamento e na concentração
  • Com a prova em mãos, faça uma triagem das questões antes de começar a resolvê-las - Comece pelas mais fáceis. Deixe as mais difíceis para o final. Se pintar o famoso "branco", pare, vá ao banheiro ou volte a respirar conforme sugerimos no item anterior
  • Atenção ao transferir suas respostas para o gabarito - Não esqueça de preencher todos os campos da grade de respostas


Foto: Guilherme Borges (Diário)

Preocupação com riscos da pandemia se une ao nervosismo com o conteúdo 
A estudante Thauani Ferreira Ludwig, 20 anos, tem como objetivo passar em Medicina. Ela afirma que a transição para as aulas virtuais em decorrência da pandemia foi bem sucedida.
- Esta será a quarta vez que farei o Enem. Então, existe uma pressão, e isso pode atrapalhar um pouquinho. Mesmo com tantas mudanças nos estudos, eu me sinto mais preparada, pois tive mais tempo para estudar. Fui para casa da minha família, em Roque Gonzales, quando aderimos ao ensino remoto, e organizei bem meus horários - conta a candidata. 

O que mais preocupa Thauani no dia da prova são os desafios relacionados à pandemia:
- Em relação a fazer a prova, estou mais preocupada com os cuidados de prevenção à Covid-19. O uso da máscara, por exemplo, sempre gera algum tumulto. A máscara atrapalha bastante para respirar e acaba provocando um pouco de dor de cabeça.

Santa Maria oferece 260 bolsas pelo Prouni neste semestre

Com aulas remotas para a maioria dos candidatos, a preparação pode ter sido difícil, especialmente para quem não teve estrutura para manter o ritmo de estudo. Mesmo com essas dificuldades, a candidata a uma vaga em Medicina busca superar as metas obtidas nas edições anteriores.
- Pretendo melhorar meu desempenho na redação. Ano passado, eu tirei 800 e, neste ano, pretendo tirar entre 940 e 960. E, claro, conseguir acertar mais questões - anseia Thauani. 

Além de servir como porta de entrada em universidades públicas, o Enem também permite o acesso a programas de financiamento estudantil e bolsas de estudo em instituições de Ensino Superior privadas - algumas, inclusive, substituíram processos seletivos pela nota do exame.


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 

© 2021 NewCo SM - Empresa Jornalistica LTDA


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7188
(55) 3213-7190