no centro

Obras de revitalização do Calçadão avançam e devem ficar prontas até setembro

No primeiro mês do retorno das atividades, equipes instalam as novas galerias pluviais

18.404
Foto: Foto: Anselmo Cunha (Diário)

Foto: Anselmo Cunha (Diário) /

Há um mês, o principal ponto do varejo santa-mariense passa por uma completa e profunda obra de revitalização. Até setembro deste ano, o Calçadão Salvador Isaia, no Centro, terá uma paisagem completamente diferente da atual. O aspecto sujo e envelhecido do local dará lugar a um moderno espaço que promete deixar o coração da cidade de cara nova.


As obras, que estavam paralisadas desde março do ano passado em função da pandemia, foram retomadas no dia 13 de janeiro e avançam dentro do ritmo previsto. Durante o período, a Urbanes Empreendimentos - responsável pela primeira parte da obra - realizou a retirada dos canteiros, floreiras e portes do local para que as máquinas pudessem começar a intervenção. Depois, foi a vez de colocar os tapumes em frente à Caixa Econômica Federal e começar, efetivamente, os trabalhos de revitalização.

VÍDEO: apesar da promessa de queda, gás de cozinha chega a R$ 90

A primeira ação é a colocação de galerias pluviais. Ao longo da paralisação da obra, durante o ano passado, ficou acertado que elas seriam mais robustas do que o inicialmente previsto no projeto. Com isso, o orçamento da obra saltou de R$ 1,1 milhão para R$ 2 milhões. A explicação da prefeitura é que elas terão vida útil de ao menos 40 anos, o que deverá acabar com o problema das infiltrações nas lojas que ficam no subsolo do Calçadão.

Ao longo dos próximos meses a colocação das galerias continuará até a Rua Floriano Peixoto. Depois, a De Marco, de Erechim, assumirá o restante dos trabalhos de revitalização. 

FOTOS: 11 amazonenses que estavam internados em Santa Maria voltam para o Norte

O PASSO A PASSO DOS SERVIÇOS 

  • Em maio de 2019, a prefeitura anunciou que iria fazer uma reforma completa do Calçadão sem utilizar recursos próprios
  • Com o projeto orçado em R$ 1,1 milhão, a construtora De Marco, de Erechim, seria a única responsável pela obra
  • O valor não iria sair dos cofres públicos, já que seria uma contrapartida ao município pela construção de um conjunto habitacional da construtora no Bairro Camobi
  • A promessa era acabar com um problema crônico do local: as infiltrações que ocorrem nas lojas que ficam abaixo do nível do Calçadão
  • Em janeiro de 2020, tapumes foram colocados no Calçadão e um espaço na Praça Saldanha Marinho, onde fica a árvore de Natal, foi destinado para receber os materiais para a obra
  • Em março, com a chegada da pandemia, os trabalhos foram interrompidos
  • Durante o ano, a prefeitura acertou que a Urbanes Empreendimentos, de Santa Maria, iria ajudar a De Marco com as obras, também como contrapartida ao município
  • A primeira fica responsável por 40% dos trabalhos, incluindo a instalação das novas tubulações, e a segunda com o paisagismo
  • Em função da entrada da nova empresa nas obras, o projeto foi alterado. Agora, com a previsão de instalação de galerias pluviais mais robustas, com vida útil de 40 anos, a obra está orçada em R$ 2 milhões
  • Em dezembro, estava tudo pronto para os trabalhos recomeçarem. No entanto, entidades representativas do setor empresarial enviaram um ofício ao prefeito Jorge Pozzobom (PSDB) pedindo o adiamento das obras
  • O entendimento era de que as obras no Centro poderiam afetar o movimento para as compras de Natal
  • O ofício foi aceito e a prefeitura prometeu o recomeço dos trabalhos para a primeira quinzena de janeiro
  • No dia 13 de janeiro, começou a retirada de floreiras, postes e do termômetro do local
  • Agora, as obras avançam com a colocação das galerias pluviais, a começar pela frente da Caixa Econômica Federal
  • A expectativa de duração da intervenção é de 8 meses


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190