estado

Fecomércio pede a abertura de lojas nos finais de semana

Segundo a entidade, a restrição de funcionamento aos sábados e domingos não diminuiu a circulação de pessoas nesses dias

18.299
Foto: Foto: Renan Mattos (BD, 22/03/2021)
Durante a vigência da bandeira preta, lojas estão autorizados a funcionar de segunda a sexta, entre 9h e 19h

Foto: Renan Mattos (BD, 22/03/2021)
Na vigência da bandeira preta, lojas estão autorizados a funcionar de segunda a sexta, entre 9h e 19h

A Federação das Associação Comerciais do Estado (Fecomércio-RS) pediu que o governo do Estado autorize a abertura do comércio nos finais de semana. Atualmente, o modelo do Distanciamento Controlado permite o funcionamento das lojas de segunda a sexta-feira.

A solicitação para abertura do comércio em todo o Estado tem o apoio, também, do Sindilojas Região Centro. A Fecomércio-RS alega, no pedido, que a medida de restringir o funcionamento aos finais de semana provoca o efeito contrário do desejado, sendo ainda mais evidente com a chegada da semana da Páscoa:

-  A restrição de abertura do comércio a horários reduzidos não tem o efeito esperado de diminuir a circulação e acaba por provocar maior concentração de pessoas nos estabelecimentos que permanecerem abertos - diz o presidente da Fecomércio-RS, Luiz Carlos Bohn.

Prefeitura anuncia pacote com medidas para ajudar empresas

A entidade pede que o governador reconsidere a medida e reforça seu compromisso em estimular o cumprimento rígido de todos os protocolos de saúde nas empresas, assim como já ocorre desde o ano passado. 

SEM MUDANÇAS

Segundo o governo do Estado, todos os pedidos referentes às regras e protocolos do Distanciamento Controlado são encaminhados ao gabinete de crise para análise. No entanto, neste momento, as regras que impedem a abertura do comércio aos finais de semana e o funcionamento de bares e restaurantes à noite seguem mantidas.

A última análise em relação a pedidos anteriores por parte de alguns setores verificou que em função da pressão hospitalar (ocupação de 100% dos leitos de UTI) e do baixo estoque de medicamentos do kit intubação nos hospitais (problema verificado em várias regiões do país) não seria possível ampliar as flexibilizações. Os dados e indicadores seguem sendo monitorados e analisados diariamente pelo comitê para deliberar sobre as solicitações que vão sendo recebidas. 


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190