contatos Assine
evento internacional

Evento internacional na UFSM vai debater a energia nuclear

18 Agosto 2018 11:00:00

O evento ocorre segunda e terça

Embaixadores, diplomatas, pesquisadores e autoridades de vários países estarão em Santa Maria, na segunda e terça-feira, para tratar de um dos temas mais polêmicos da atualidade, sobre os usos da energia nuclear como potencial para a geração de energia alternativa na América do Sul e também sobre o emprego dessa tecnologia para armas de destruição em massa.


O Seminário Internacional América do Sul na Era Nuclear: Riscos, Desafios e Perspectivas, é promovido pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) e a organização Pugwash Conferences on Science and World Affairs. O evento acontece no Centro de Convenções da Universidade, no campus, e deve reunir mais de 1,2 mil pessoas de diversos países.

Estudo aponta falhas e acertos nos projetos de inovação na cidade

As inscrições já encerraram, mas é possível que sejam liberadas algumas vagas no dia. Nesse caso, os interessados devem ir ao local do evento na segunda para tentar um lugar.

PROGRAMAÇÃO

Segunda-feira

  • 9h - Abertura: reitor da UFSM, Paulo Burmann, e presidente da Pugwash Internacional, Sérgio de Queiroz Duarte. Homenagem a Ubiratan D'Ambrosio
  • 9h30min - Mesa 1: Medidas nacionais e regionais para a segurança de instalações nucleares existentes; riscos decorrentes do terrorismo sectário; Cooperação regional e sub-regional para os usos pacíficos da energia nuclear; tratamento e eliminação de resíduos radioativos
  • Painelistas:
  • Guilherme Sineiro (capitão de Mar e Guerra da Marinha do Brasil, vice-diretor do Núcleo da Agência Naval de Segurança Nuclear e Qualidade)
  • Julián Gadano (subsecretário de Energia Nuclear da República da Argentina)
  • José Perrotta (coord. técnico do Projeto Reator Multipropósito Brasileiro)
  • Marcelo Gomes (Chefe de Desenvolvimento de Novos Empreendimentos da Eletrobrás Eletronuclear);
  • Lamartine Guimarães (chefe da Divisão de Energia Nuclear do Instituto de Estudos Avançados /Depto. de Ciência Aeroespacial/Comando da Aeronáutica)
  • Marco Cepik (Professor do Departamento de Economia e Relações Internacionais da UFRGS)
  • 14h - Mesa 2: Importância dos esforços multilaterais, regionais e bilaterais para evitar a proliferação de armas nucleares e eliminar os arsenais existentes; revitalização dos órgãos e instrumentos multilaterais à disposição da comunidade internacional
  • Painelistas:
  • Alfredo Labbé (embaixador da República do Chile)
  • Maria Cecília Cavalcante Vieira (Primeira Secretária; Subchefe da Divisão de Desarmamento e Tecnologias Sensíveis do MRE/Brasil)
  • Roberto Suárez-Antola (Assessor em Física do Ministério da Indústria, Energia e Mineração da República Oriental do Uruguai)
  • Antonio Oliveira (Autoridade Regulatória Nuclear Argentina/ARN)
  • Eugênio Diniz (presidente da Associação Brasileira de Relações Internacionais e professor de Relações Internacionais da PUC-Minas)
  • 16h30min - Mesa 3: Contribuição dos organismos regionais e sub-regionais para assegurar a não existência de armas de destruição em massa e para o fortalecimento da confiança; consequências globais e regionais de detonações nucleares
  • Painelistas:
  • Nancy Robinson (diretora do Centro Regional das Nações Unidas para a Paz, Desarmamento e Desenvolvimento na América Latina e Caribe)
  • Sonia Fernández Moreno (oficial de Planejamento e Avaliação da Agência Brasileiro-Argentina de Contabilidade e Controle de Materiais Nucleares)
  • Marco Auspont (gerente da Divisão Corporativa na Comissão Chilena de Energia Nuclear)
  • Irma Argüello (presidente da Nonproliferation for Global Security)
  • Federico Merke (professor de Ciências Sociais e diretor dos cursos de Ciência Política e Relações Internacionais da Universidade de San Andrés)

Terça-feira

  • 9h - Mesa 4: Papel das organizações da sociedade civil e contribuição das instituições acadêmicas e científicas; novas tecnologias; futuro da normatização internacional sobre armas de destruição em massa
  • Painelistas:
  • Carlos Silesky (presidente da IPPNW Costa Rica)
  • Cristian Wittmann (Membro do International Steering Group da ICAN, Membro da Rede SEHLAC e professor da Unipampa)
  • Juana Luisa Gervasoni (presidente da Women In Nuclear - Argentina)
  • Karen Astrid Hallberg (pesquisadora no CONICET/Centro Atômico Bariloche) e Monica Herz (professora de Relações Internacionais da PUC-RJ)
  • 11h às 12h30min - Aula Magna da UFSM: Panorama global dos esforços de desarmamento e não proliferação de armas nucleares
  • Painelista:
  • Rafael Grossi (embaixador da Argentina para a Áustria, Eslovênia e Eslováquia; Representante Permanente da Argentina junto às Organizações Internacionais em Viena; Presidirá a Conferência de Revisão do Tratado de Não Proliferação em 2020)


fale conosco

redação
leitor@diariosm.com.br
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
atendimento@diariosm.com.br
ouvidoria@diariosm.com.br
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190