presentes

Comércio registra poucas vendas para Dia dos Pais e muitas liquidações de inverno

Nas lojas, poucas vitrines estão com promoções para a data

Joyce Noronha
Foto: Foto: Charles Guerra (Diário)
Poucas vitrines estão com promoções para a data


Foto: Charles Guerra (Diário)

O Dia dos Pais já é neste domingo, mas ao caminhar pelo Centro a reportagem do Diário não encontrou muito cartazes ou vitrines decoradas para a ocasião. As chamadas de liquidações e promoções são mais direcionadas para descontos em produtos de inverno do que para a data comemorativa.

Contudo, algumas lojas se preparam para a data, como conta Eduarda Senna, 42 anos, gerente da farmácia de manipulação Dermapelle. Ela diz que o estabelecimento lançou uma linha de produtos de cuidado pessoal e montou cestas especiais para o Dia dos Pais, mas admite que ainda aguardam os clientes, pois poucos apareceram até ontem. Apesar do cuidado para atrair mais o público alvo, os filhos, Eduarda estranhou que o comércio não abriu no último domingo, como é de costume em antecipação a datas comemorativas.

Novo sistema reduz tempo de liberação de alvarás para empresas em Santa Maria

Vendedor da Livraria da Mente, Celso Schmidt, 57 anos, diz que o estabelecimento elaborou uma semana com 20% de descontos em livros variados com o foco no Dia dos Pais. Ele conta que não há uma meta, mas que o objetivo é superar as vendas desta época no ano passado.

- O que a gente conseguir aumentar, já vai ser uma vitória - avalia Schmidt.

Na loja de calçados Eny Masculina, o gerente Eliseu dos Santos, 55 anos, também diz que a meta não é muito grande, mas salienta que o estabelecimento quer aumentar em 5% as vendas da data comemorativa em relação ao ano passado.

PÓS-QUINTO DIA ÚTIL

Outro fator que deixa os comerciantes esperançosos para o aumento de movimento nas lojas é que ontem foi o quinto dia útil do mês, data em que muitas pessoas recebem o salário. Gerente de uma loja de vestuário masculino Franco Giorgi, Cláudia Rosane da Silva, 33 anos, avalia que até o momento a procura foi baixa, mas ela espera que a partir de hoje, mais clientes apareçam na loja. Ela conta que até ontem, muitas pessoas estavam fazendo pesquisa de preços.

Parcela do IPTU referente a agosto deve ser quitada até sexta-feira

Na loja Eny Esportes, a gerente Aline Militz, 28 anos, também espera que as vendas aumentem a partir de hoje, como um reflexo pós-quinto dia útil. Contudo, Aline conta que preparou os vendedores para sexta-feira e sábado, que acredita serem os dias de maior procura pelo presente dos papais.

MUDANÇA DE PERFIL

A gerente das lojas Colombo Cenira de Souza, 59 anos, também conta com mais procura de presentes a partir de hoje, depois da passagem do quinto dia útil do mês. Mas além da pouca busca por lembranças aos pais, Cenira observa que ao longo dos anos ocorreu uma mudança na busca pelo tipo de presente.

- A cadeira do papai, que por muitos anos foi nossa campeã de vendas para a data, agora já quase não sai. Os filhos, e às vezes as esposas, procuram smartphones, barbeadores elétricos, e mais recentemente, as cervejeiras - conta a gerente.


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190