agricultura

Ato em Júlio de Castilhos abre o plantio da soja no Estado

Solenidade nesta quarta-feira, com a presença do vice-governador, marca o início da safra 2021/2022

Foto: Foto: Rodrigo Ziebel (Divulgação)

Foto: Rodrigo Ziebel (Divulgação)
Ato ocorreu no campo experimental da Cotrijuc, com a presença de Ronalfo Vieira Junior, autoridades e agricultores

O campo experimental da Cooperativa Agropecuária Júlio de Castilhos (Cotrijuc) sediou, nesta quarta-feira, em Júlio de Castilhos, a 11ª edição da Abertura do Plantio da Soja no Rio Grande do Sul. A cerimônia, que integra o Calendário Oficial de Eventos do Estado, contou com a presença do vice-governador, Ranolfo Vieira Júnior (PSDB).

A solenidade marcou o início da semeadura da safra 2021/2022 do grão, que é hoje a principal commodity gaúcha e nacional. Projeções feitas pela Emater/RS-Ascar apontam que o Rio Grande do Sul poderá colher 19,9 milhões de toneladas de soja nesta safra.

- O agro gaúcho coloca o alimento na mesa de mais de 1 bilhão de pessoas em todo o mundo. No último período, tivemos uma supersafra com mais de 6 milhões de hectares cultivados e 20,6 milhões de toneladas colhidas. Esses números são grandiosos e são magníficos para todos nós, gaúchos. As expectativas para esse plantio são muito positivas e o meu desejo é de que os números previstos se confirmem ou excedam - disse Ranolfo.

Trabalhadores nascidos em julho podem sacar auxílio emergencial

O vice-governador destacou as importantes reformas realizadas pela atual gestão, que contribuem para um cenário positivo atualmente no Estado.

- Tivemos dois primeiros anos de governo difíceis, fizemos reformas estruturais, administrativas, previdenciárias, as mais profundas dos Estados brasileiros. Hoje, nós podemos dizer que temos um programa de investimentos, o Avançar - acrescentou.

Ranolfo mencionou os recursos anunciados para melhorar a qualidade da logística no Estado, valor quase 10 vezes superior ao que vinha sendo direcionado anualmente à área. "Estamos anunciando investimentos inéditos em todas as áreas, como R$ 1,3 bilhão em estradas, que impactam diretamente no trabalho dos nossos produtores", completou o vice-governador.

Com atuação do fenômeno La Niña, chuva deve ficar abaixo da média nos próximos meses

ESTIMATIVA DE COLHEITA
Segundo estimativa da Emater, os gaúchos irão semear soja em 6,3 milhões de hectares na atual safra de verão, aumento de 3,62% em relação ao ciclo 2020/2021. Se a área se confirmar, o Estado supera o recorde alcançado na safra anterior, de 6,11 milhões de hectares cultivados. No ciclo passado, a produção da oleaginosa rompeu a barreira das 20 milhões de toneladas, colocando o Rio Grande do Sul como segundo maior produtor do grão no país, atrás apenas de Mato Grosso.

Em termos de valor bruto da produção (VBP), a soja é o produto agropecuário mais importante do Rio Grande do Sul. Na última safra, o VBP gerado pela cultura somou R$ 55,9 bilhões - 60% de todo o valor bruto da agropecuária gaúcha.


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 

© 2021 NewCo SM - Empresa Jornalistica LTDA


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7188
(55) 3213-7190