entrevista

'A evasão de alunos é gigantesca e preocupante', diz CEO da Avacon

O empresário participou do programa Direto da Redação falando sobre o momento vivido pelo setor

Foto: Foto: Reprodução

Em entrevista, na segunda-feira, ao programa Direto da Redação, da TV Diário, o empresário Cristian Menezes, CEO da Avacon Gestão de Condomínios, falou sobre o momento vivido pelo setor da administração de condomínios em meio à evasão de alunos de Santa Maria causada pelas medidas restritivas.

Consultor empresarial fala sobre oportunidades e desafios criados pela pandemia

Diário - Já estamos enfrentando há um ano medidas restritivas em função da pandemia. Como a Avacon está enfrentando esse período?
Cristian Menezes - Nós, do setor da administração de condomínios, viemos enfrentando as restrições com preocupação. O primeiro grande fator é o aumento da inadimplência em condomínios. Ou seja, as pessoas perderam o emprego, muitas delas, se eram empresários, fecharam as empresas, e agora isso está se refletindo no caixa do condomínio. O segundo fator é uma dificuldade muito grande de conseguir reunir os moradores em uma época em que os condomínios precisam se reorganizar financeiramente. E, por terceiro, a recessão. A gente não tem conseguido fechar novos contratos porque o cliente está receoso. A gente não sabe como vai ser a crise em 2022, e acreditamos que vai ser pior.

Diário - O senhor enxerga uma evasão de estudantes em função da suspensão de atividades presenciais nas universidades?
Menezes - Com certeza está afetando bastante, principalmente no Bairro Camobi, onde a caraterística são condomínios que são locados por estudantes. Muitos locatários entregaram o imóvel, e isso reflete na questão econômica de inadimplência dos condomínios, porque se tem uma vacância, com o proprietário tendo que arcar por esse condomínio. A evasão de alunos é gigantesca e preocupante.

Diário - Que ações dos governos podem ajudar o setor?
Menezes - Acredito que planejamento. A gente sabe que as empresas não aguentam mais as portas fechadas. Temos dois problemas: uma epidemia sanitária e uma epidemia social. Então, precisamos tratar as duas em paralelo. Se quero que as pessoas circulem, eu preciso ter horários maiores e com menos pessoas frequentando o comércio. A gente nota que as medidas são tomadas no calor da hora. 


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190