opinião

POD COMENTAR: se quiser conquistar títulos grandes, Grêmio precisará se reforçar

Apesar de ter um time titular muito forte, Tricolor ainda carece de melhores peças de reposição

18.379


Foto: Lucas Uebel (Grêmio)

Não é mistério para ninguém que o Grêmio passa por um processo de mudanças no elenco vencedor dos últimos cinco anos. Do título da Libertadores de 2017, por exemplo, restam apenas Geromel e Kanneman, os laterais Cortez e Marcelo Oliveira, o goleiro Paulo Victor e o capitão Maicon. O resto do grupo, pode-se dizer, é todo formado por garotos oriundos da base e por jogadores mais experientes que chegaram ao Tricolor como aposta de recuperação. A pergunta que me vem à cabeça é: podemos acreditar que é suficiente para ser campeão? A resposta vem rapidamente: não.

Após nova videoconferência, futuro da Divisão de Acesso continua indefinido

Apesar de ter um time titular bem consolidado e um formato de jogo definido, o grupo, como um todo, ainda carece de peças melhores. É bem verdade que o time de transição gremista tem gerado ótimos frutos nos últimos anos, como Jean Pyerre, Matheus Henrique, atuais titulares, ou os mais recentes Darlan e Isaque, por exemplo. Só que todos sabemos que, para vencer competições do peso de um Campeonato Brasileiro ou Libertadores é preciso jogadores prontos e acima da média, de preferência em ascensão. 

A dupla de zaga é inquestionável e vem jogando em alto nível depois da volta do futebol, é preciso admitir. No entanto, do meio para frente, o único jogador acima da média acaba de deixar Porto Alegre para brilhar em Portugal. Everton é jogador de Seleção Brasileira. O seu natural substituto, Pepê, e jovem e promissor, mas não se pode cobrar dele a maturidade e o poder decisivo de um selecionável.

Inter se prepara para enfrentar o Santos

Além disso, entre os mais velhos, temos destaques individuais como Maicon e, sobretudo, Diego Souza. Mas vamos refletir: os dois têm idade avançada e uma sequência pesada de jogos pela frente. A chance de se machucarem ou baixarem o rendimento por conta disso é enorme. E quando Renato olhar para o banco de reservas, precisa encontrar soluções que suportem uma possível ausência deles.

O Grêmio entra no Brasileirão e na Libertadores como favorito, sim, nesta temporada diferente por conta da pandemia. Porém, por conta de seu time titular e sua filosofia de jogo consolidada. Se compararmos elencos, Flamengo, Palmeiras e talvez até o Atlético-MG seguirão à frente. 

A diretoria gremista sabe disso. Tanto é que, nesta semana, o volante Robinho foi anunciado como reforço para o meio-campo. Será boa alternativa para todas as funções do setor. Mas é preciso mais. Caso contrário, o torcedor tricolor terá que acostumar-se a ver Renato escalando times reservas em partidas como a desta quarta-feira, contra o Ceará, em que fica nítido o desempenho mais fraco. Inclusive, por isso apostarei em um empate kto.com.


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190