vitória histórica

Jogos Pan-Americanos: Ygor Coelho conquista ouro inédito no badminton

Pela primeira vez, o Brasil ocupa o topo no pódio na modalidade

Agência Brasil


Foto: Abelardo Mendes Jr. (Rede do Esporte/Agência Brasil)

O Brasil conquistou 2 ouros inéditos no 10º dia de competições dos Jogos Pan-Americanos. Logo no início desta sexta (2) Lena Guimarães conquistou a corrida do stand-up paddle (SUP), e no decorrer da tarde quem alcançou o lugar mais alto no pódio foi o carioca Ygor Coelho no badminton. O dia terminou com conquistas no boxe, com uma medalha de ouro, com Beatriz Ferreira, e uma de prata com Herbert Souza.

Ygor Coelho faz história
No badminton Ygor Coelho fez história ao conquistar o primeiro ouro do Brasil na modalidade em edições de Jogos Pan-Americanos. Para isto ele derrotou na decisão do individual masculino o canadense Brian Yang por 2 sets a 0.

Ygor tem uma história muito interessante no badminton. Ele começou no esporte ainda criança. Seu principal incentivador foi seu pai, Sebastião de Oliveira, que criou um projeto na comunidade da Chacrinha, no Rio de Janeiro, para educar e socializar crianças por meio do esporte.

Com o triunfo de Ygor a equipe brasileira de badminton chegou ao total de cinco medalhas nesta edição do Pan: o ouro do carioca e quatro bronzes nas duplas.

Ouro e prata no boxe
Com o fim das competições do boxe, o Brasil terminou com seis medalhas na modalidade com as conquistas do ouro com Beatriz Ferreira e da prata com Herbert Carvalho Souza nesta sexta-feira.  

Beatriz Ferreira conquistou a medalha de ouro ao vencer a argentina Dayana Sanchez na categoria leve (57 kg-60 kg) e Herbert Souza ficou com a prata após derrota para o campeão olímpico cubano Arlen Lópes Cardona no peso médio (75 kg). O Brasil havia conquistado a prata ontem com Keno Marley e com Jucielen Romeu. Abner Teixeira e Flávia Figueiredo ficaram com a prata.

Atleta de Santa Maria fica fora da briga por medalha no Pan

Classificações para semifinais
Hoje também conseguimos importantes classificações para semifinais. Na canoagem slalom extrema (K1) a mineira Ana Sátila avançou para as semifinais no feminino e Pedro Gonçalves avançou no masculino. Os dois voltam a competir no próximo domingo. 

Quem também avançou para as semis, mas nas simples do tênis, foi Carol Meligeni. Ela derrotou a mexicana Renata Zarazua para conseguir o feito.

Nas duplas de tênis Carol Meligeni e Luisa Stefani perderam para a equipe do Paraguai. Agora as brasileiras buscam o bronze neste sábado em jogo contra as chilenas Alexa Guarachi e Daniela Seguel. 

Já no individual masculino João Menezes se classificou para as semifinais após derrotar o cabeça de chave número 1 deste Pan, o chileno Nicolás Jarry. O próximo adversário do brasileiro será o argentino Facundo Bagnis.

Remador de Santa Maria estreia no Pan e mira Tóquio 2020

Ótimo início na Ginástica Rítmica
A equipe brasileira de Ginástica Rítmica teve um ótimo início no conjunto com cinco bolas. Beatriz Linhares, Vitoria Guerra, Deborah Medrado, Nicole Pircio e Camila Rossi conseguiram 23.650 pontos e a primeira posição na fase classificatória.


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190