Coluna Gilson Alves

E essa história de poupar jogadores hein?

Ano após ano, debate sobre preservar titulares entra em pauta. Leia, também, sobre o 'triste fim da Divisão de Acesso'

18.388


Entra ano e sai ano, e alguns fatos no futebol brasileiro parecem que seguirão se repetindo. Na última quarta-feira, o Grêmio escalou um time quase todo reserva para enfrentar o Ceará pelo Campeonato Brasileiro. Mais uma vez, abre-se a discussão se a atitude é certa ou errada. Estamos vivendo uma época de pandemia, e todos sabem que a retomada do futebol acarretaria, pelo menos aqui no Brasil, em uma maratona de jogos. No entanto, os dois pontos que o Grêmio deixou escapar na Arena Castelão farão falta, seja qual for o objetivo do clube na competição. A rotina de poupar titulares irrita os torcedores, não só do Tricolor, mas de qualquer equipe que adotar tal estratégia. Eu sei que os jogadores não são máquinas, mas, no ano passado, Jorge Jesus depôs contra esta teoria, e, raramente, preservou seus atletas. Mesmo assim, foi campeão da Libertadores e do Brasileirão.

Sou daqueles que acreditam que o risco que se corre jogando, na maioria das vezes, é semelhante ao de quem está treinando. Apesar das justificativas dos treinadores, dos fisiologistas ou dos diretores de futebol, não vou entender tantas preservações.

O jogador está preparado para jogar. E não há informação mais frustrante para quem acompanha futebol do que saber que seu time vai ir a campo com os reservas. 

Leia mais sobre Esportes

O triste final da Divisão de Acesso

Depois de mais uma reunião virtual da Divisão de Acesso, realizada na sexta-feira, ainda não temos uma posição final sobre o futuro da competição, que foi paralisada em março.

A verdade é que o campeonato, deve ser dado por encerrado. No entanto, a Federação Gaúcha de Futebol (FGF) não oficializa tal decisão. Em meio a esse imbróglio, há dirigentes que ainda alimentam o posicionamento a favor da disputa do Acesso. Entre eles, o presidente do Inter-SM, Jauri Daros.

O grande impasse está na reportagem que abre esta página: como já ocorreu no Gauchão Série A, há a possibilidade das prefeituras vetarem a realização de algumas partidas. E isso bagunçaria o calendário. Infelizmente, é uma pandemia. Não sei de quem é a culpa, e não há culpado, mas devemos chegar a um triste fim da Divisão de Acesso. Não há o que fazer.


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190