Coluna Gilson Alves

Como a dupla Rio-Nal recebeu a declaração do presidente da CBF que praticamente veta público nos estádios em 2021?

Rogério Caboclo afirmou em entrevista que a possibilidade do torcedor poder voltar aos estádios no Brasil neste ano é quase nula

18.388

Na última quarta-feira, o presidente da CBF, Rogério Caboclo, em entrevista ao Uol Esporte, praticamente descartou a possibilidade dos estádios brasileiros receberem público nesta temporada. A notícia atinge o futebol do interior, incluindo Inter-SM e Riograndense, pois a bilheteria ainda é o principal ponto de arrecadação dos clubes menores.

O presidente do Inter-SM, Jauri Daros, aponta a perspectiva de complicações financeiras para os times, mas espera uma liberação parcial para torcida, mais adiante.

- É uma situação muito difícil para os clubes que precisam de público para arrecadar. Será muito complicada a disputada da Divisão de Acesso. Os gastos aumentaram e as empresas não estão conseguindo patrocinar. A CBF teria que rever a situação e, de repente, liberar pelo menos 30% da capacidade - disse Daros.

Leia mais sobre Esportes

A ausência de público nos estádios prejudica os planos do Riograndense, que planeja a retomada do futebol.

- Sem nada de público seria impossível participar de competições. Com certeza, a declaração do presidente da CBF caiu como uma frustração e poderá nos deixar mais longe de voltar a jogar - afirma a presidente do Periquito, Maria de Lourdes Pinto Trindade.


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 

© 2021 NewCo SM - Empresa Jornalistica LTDA


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7188
(55) 3213-7190