coronavírus

Com futuro da Divisão de Acesso indefinido, profissionais do Inter-SM aguardam controle da pandemia

Jogadores e componentes da comissão técnica seguem vinculados ao clube, mas não sabem quando voltarão a trabalhar presencialmente

18.388

Foto: Pedro Piegas (Diário)
Assim como as demais praças esportivas do país, Presidente Vargas tem estado vazio

Em função da pandemia do coronavírus, a Divisão de Acesso não tem data certa para voltar. Na terça-feira da última semana, após videoconferência entre o presidente da Federação Gaúcha de Futebol (FGF), Luciano Hocsman, e os representantes das equipes que participam da competição, a paralisação do campeonato passou a ser por tempo indeterminado.

Após videoconferência entre presidente da FGF e clubes, futuro da Divisão de Acesso continua incerto

Diante das incertezas do calendário do futebol até que as rotinas se normalizem, a pergunta que se aplica é o que fazem os profissionais que vivem neste meio. E o questionamento é válido não só para os jogadores, mas também para os componentes de comissão técnica e demais departamentos dos clubes.

- A gente sabe que a economia deu uma grande caída em função do coronavírus, mas nós estamos bem cientes do que está acontecendo. O Inter-SM liberou os atletas para aguardar o que a FGF e o Sindicato dos Atletas irá definir sobre os ajustes nos contratos. Sou funcionário do clube, enquanto isso a gente aguarda o desfecho sobre o futuro da competição e pede a Deus que tudo isso seja resolvido o quanto antes - revela Chiquinho, meia do Inter-SM, que reside em Santa Maria.

Jogadores do Inter-SM recebem orientações online para treinar em casa

Já o volante Théo, é baiano, e logo depois que o Alvirrubro decidiu parar por tempo indeterminado os treinamentos, foi liberado para voltar a sua cidade natal, Dias D'Avila, distante aproximadamente 50km de Salvador.

- Tenho contrato com o clube até maio. Estamos aguardando essa situação da pandemia se resolver. Há uma discussão entre clubes e sindicato, mas a gente imagina é que todos os clubes vão manter os salários de março em dia para os profissionais e, depois, a federação pode ressarci-los. Isso é que esperamos - diz o volante.

Leia mais sobre Esportes

Além dos jogadores, os profissionais da comissão técnica também são afetados pela parada generalizada nas atividades para diversas áreas. É o caso do auxiliar técnico do Inter-SM, Guilherme Tocchetto, o Guile.

- Sabemos que a diretoria está tendo bastante trabalho para saber como deverá proceder daqui em diante prevendo que a Divisão de Acesso pode não voltar, ou pode acontecer no segundo semestre. Temos que ter cautela neste momento e bom senso para esperar, porque foi uma situação que pegou a todos desprevenidos - afirma Guile.



fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190