atletismo

Anderson Henriques estreia na manhã desta sexta na Olimpíada de Tóquio

Atleta de Caçapava do Sul participa do revezamento 4x400 misto

18.357
Foto: Foto: Wander Roberto (COB)


Foto: Wander Roberto (COB)

A manhã desta sexta-feira terá um atleta da Região Central correndo na pista de Tóquio. Anderson Henriques, que participa do revezamento 4x400 metros misto, fará a sua estreia nos Jogos Olímpicos 2020 na eliminatória da categoria às 8h.

'A injustiça torna a derrota ainda mais difícil', afirma primeira treinadora de Maria Portela

Desde a terça-feira, o atleta de 29 anos, que é de Caçapava do Sul, está em concentração na Vila Olímpica. É a primeira vez na história que o revezamento 4x400 metros misto, com dois homens e duas mulheres, integra as competições de atletismo na Olimpíada. A expectativa para a modalidade é alta. A categoria é uma das apostas de medalhas para o Brasil, já que a equipe brasileira ganhou a prata no Mundial de Revezamentos disputado em maio deste ano.

- O nosso objetivo é conseguir subir no pódio. Treinamos bastante e, agora, estamos concentrados para chegar bem focados na disputa - afirma Anderson.

O time de revezamento viajou para o Japão com outros cinco atletas além de Anderson: Pedro Burmann, João Falcão, Tiffani Marinho, Tabata de Carvalho e Geisa Coutinho. As oito melhores equipes da eliminatória avançam para a final, marcada para às 9h35min de sábado. 


TRAJETÓRIA
Até carimbar o passaporte para a primeira Olimpíada, a jornada foi desafiadora. Nas últimas duas edições dos Jogos, foram duas frustrações. Em 2012, Anderson teve uma pubalgia (lesão no osso do púbis) e não pode competir. Já em 2016, nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, ele se recuperava de uma fascite plantar (inflamação no músculo do pé) e também ficou de fora. A prova em que ele costuma competir é a corrida de 400 metros. Porém, para Tóquio, a vaga veio em outra modalidade.

Além da prata no Mundial de Revezamento, no currículo, Anderson traz outras conquistas em competições nacionais e internacionais: na Universíade de 2013 em Kazan (Rússia), conquistou a medalha de prata. No Campeonato Mundial de Moscou, em 2013, quebrou duas vezes o próprio recorde pessoal, chegando à final. Nos Jogos Pan-Americanos de 2011, em Guadalajara, foi finalista, terminando em 8º lugar.


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190