dança

Talento santa-mariense brilha nos principais clipes nacionais e até internacionais

A dançarina Ana Laura Haag foi para São Paulo buscar oportunidades no mercado artístico, hoje dança em clipes de cantoras Luísa Sonza, Pocah, Lexa, IZA e Glória Groove

Foto: Foto: Rodolfo Magalhães


Foto: Rodolfo Magalhães 

De uma criança tímida, que tinha vergonha de se apresentar na invernada artística de um CTG de Santa Maria, Ana Laura Haag se transformou em uma destemida bailarina que deixou Santa Maria para se tornar presença constante em alguns dos principais videoclipes produzidos no Brasil.   

Na capital paulista há cerca de um ano, a artista santa-mariense encanta com os movimentos de Jazz Funk, um estilo que mistura a agilidade das danças urbanas com a sensualidade do jazz. 

'Sempre correto, tranquilo e profissional', diz juiz aposentado que foi chefe do ex-vocalista da banda

A dançarina, que tem em Lady Gaga uma referência artística, além de ter dançado em invernada gaúcha da região norte de Santa Maria, foi professora de dança na Vintage Dance Studio.

Atualmente, Ana acumula em seu currículo participação nos balés de clipes de artistas como Luísa Sonza, IZA, Pocah, Glória Groove, Lexa e até da internacional Selena Gomez.

Além disso, se apresentou no Prêmio Multishow no ano passado, com o balé da também gaúcha Luísa Sonza e, neste ano, vai repetir a participação na premiação, dia 8. E não para por aí. Mais novidades já estão prestes a ser reveladas pela nova musa da dança dos videoclipes nacionais.  

A trajetória  

Filha da cantora Tais Haag, 47 anos, Ana, que é nascida e criada em Santa Maria, gostava de acompanhar a mãe e, enquanto a cantora ensaiava, a pequena mostrava os passos de dança criados no momento. O incentivo da mãe e da avó, Ivoneti Haag, de 76 anos, foi fundamental para que ela tivesse coragem de seguir o sonho de dançar profissionalmente. 

Inserida no cenário da dança há 12 anos, Ana deu os primeiros passos coreografados aos 4 anos, quando começou a participar do CTG Farroupilhas, que ficava atrás da casa onde morava, no bairro Itararé. Aos 7, entrou para a invernada do CTG, mas conta, bem humorada, que tinha vergonha de se apresentar.  

- Eu era um pitoquinho, então participava dos ensaios, mas na hora da apresentação, não conseguia dançar, eu tinha muita vergonha. Tadinho do meu par que ficava sozinho - brinca.  

Municípios da região avançam imunização de reforço para a população adulta em geral

Na escola Estadual de Ensino Médio Walter Jobim, também no bairro Itararé, Ana ajudou a formar um grupo de dança e teve aulas com a professora Denise Camargo. O grupo formado por apenas três pessoas (Ana e outros dois colegas) não teve continuidade. Ela lamenta que, na época, o preconceito com a dança, principalmente com meninos bailarinos, acabava por afastar os interessados em participar do grupo. Mas ela não desistiu e, depois de ter contato com as danças urbanas, nunca mais parou de dançar.  

Em Santa Maria, participou da Cia de Dança Fernando Serpa e, posteriormente, da Duo Mendes Cia de Dança, dos dançarinos Jeans Mendes e Livia Thomas. Foi aí que Ana começou a ser incentivada a estudar dança e a procurar novos mercados. 

O início do sonho

Depois de atuar em caravanas de Natal da Coca Cola e de se tornar professora na Vintage Dance Studio, escola de dança de Santa Maria, Ana começou a viajar para cidades como Curitiba e Rio de Janeiro para realizar cursos profissionalizantes. Em 2017, participou do Rio H2K, um dos maiores eventos de dança do Brasil, onde teve aulas com Fernanda Fiuza e Neto Soares, dançarinos que são precursores de estilos como o Jazz Funk no país. Lá, o encanto da dançarina pelo estilo que mistura movimentos rápidos da dança urbana com a delicadeza e sensualidade do jazz só aumentou:  

- Lembro de estar no ônibus de volta para Santa Maria e pensar: "é isso que eu quero para minha vida''. A experiência que tive no evento me tocou de um jeito muito diferente.  

Depoimento de proprietário de loja de fogos é marcado por gritos e discussões

Depois do evento, Ana começou a se dedicar ao estudo de balé e jazz para ficar mais próxima do Jazz Funk. Em 2019, a bailarina visitou São Paulo pela primeira vez para realizar cursos. Voltou para lá no ano seguinte, também para estudar, mas a experiência foi diferente e Ana Laura deu grandes passos no caminho do sonho de ter a dança como profissão.  

- Eu vim para ficar um mês em um programa de treino de Jazz Funk. Mas, surgiu um trabalho e com o dinheiro consegui me manter em São Paulo por mais um mês, daí veio outro trabalho. Quando vi, já tinham se passado dois meses e estou aqui até agora - comemora Ana.  

A bailarina diz que a carreira foi muito orgânica, não fez nada por pressão e que todas as escolhas que fez vieram do coração.  

- Não fiz planos, eu vim porque acreditei que era o certo, tive incentivo da minha família. E essa força, ter alguém que acredita em ti e te apoia na tua profissão, é incrível - diz.  

Foi em São Paulo que as oportunidades de participar de videoclipes de artistas do pop e funk brasileiro começaram a surgir.  


Os videoclipes

A atuação na cena artística de São Paulo possibilitou grandes oportunidades para Ana Laura Haag. Do ano passado para cá, a dançarina participou de clipes de músicas como V.I.P e Anaconda, de Luísa Sonza, Muito prazer, de Pocah, Sem Filtro, de Iza, e Leilão, de Glória Groove, lançado na semana passada. No currículo, tem também a participação no clipe de Selfish Love, da artista do pop internacional Selena Gomez, além da apresentação no Prêmio Multishow de 2020 com o balé de Luísa Sonza. Para Ana, a realização desse sonho é quase indescritível.  

- Há um ano, eu estava dando aulas com as músicas da Luísa Sonza e pensando que deveria ser muito legal trabalhar com ela, dançar no balé dela. E hoje eu consegui realizar esse sonho. Às vezes, faltam palavras para descrever os sentimentos que surgem ao dançar com essas artistas - se emociona a dançarina.  

Planeta Atlântida não será realizado em 2022

Com a participação nas produções audiovisuais, Ana descobriu que ama dançar em videoclipes. A produção, o set de filmagem, as câmeras, a direção de fotografia, tudo a encanta. Assim, a dançarina decidiu que vai continuar com o trabalho para videoclipes. E os próximos trabalhos já podem ser aguardados pelos admiradores da dançarina.  

- Eu amo receber o carinho e a admiração das pessoas de Santa Maria, minha eterna cidade. São Paulo pode ser bem solitária e as pessoas, principalmente envolvidas com a produção cultural, trabalham loucamente para garantir o mínimo. Então, é sempre bom receber carinho dos santa-marienses - desabafa. 

Neste ano, Ana Laura Haag vai participar novamente do Prêmio Multishow, na próxima quarta, 8, com o balé da cantora Luísa Sonza, que vai fazer uma das performances.  


Os próximos passos e sonhos profissionais

É em São Paulo que Ana dança, mas é Santa Maria que fica na mente e no coração. A dançarina está com saudades da Boca do Monte e garante que um dos maiores sonhos é ter uma carreira consolidada o suficiente para que possa transitar tranquilamente entre o Coração do Rio Grande e a capital paulista.

Além disso, um dos maiores desejos é que o mercado artístico do interior do Rio Grande do Sul cresça para que os artistas não precisem procurar oportunidades em outros Estados.  

- São Paulo é a maior referência do Brasil quando se pensa em dança e, mesmo assim, é preciso dedicação para conseguir trabalho. É exaustivo, então nos dá esperança ver que dançarinos são cada vez mais valorizados - conta.  

Além disso, Ana também quer conhecer os Estados Unidos. Em Los Angeles, cidade da Califórnia, o Jazz Funk é um estilo de dança muito valorizado. 


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 

© 2021 NewCo SM - Empresa Jornalistica LTDA


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7188
(55) 3213-7190