Rio WebFest 2020

Produção de Santa Maria concorre a prêmio em um dos maiores festivais de websérie

Watermelon Diaries está concorrendo em duas categorias no Rio WebFest 2020

18.398

Foto: Divulgação

Idealizada por Gabriele Dors, Guilherme Senna e Mário Finard, a websérie Watermelon Diaries surgiu em meados de maio deste ano a partir da necessidade dos artistas de continuarem produzindo conteúdos audiovisuais mesmo em meio à pandemia. O reconhecimento veio rapidamente e, no último domingo, os envolvidos souberam que a produção foi selecionada para concorrer ao prêmio Rio WebFest 2020, o maior festival de webséries do mundo, nas categorias Melhor Elenco de Comédia e Melhor Roteiro.



O enredo gira em torno do aplicativo Watermelon, o qual se estabelecem as relações entre as personagens. Ele permite desde aulas virtuais até ligações para o inferno. Não há limites. A nomeação da produção surgiu do roteirista Mário Finard, que trabalhou em uma rádio pirata com este nome entre os anos 1980 e início de 1990.

Conheça os convidados do Fala Mulher

Guilherme Senna conta que, no início da produção, a ideia era retomar duas personagens da websérie 'A Estranha Vida de Sodaboy', rodada nos anos de 2013, 2014 e 2015. Contudo, após algumas conversas, novos artistas foram se juntando ao elenco.

- Começamos a gravar os episódios cada um na sua casa e o tema central girava em torno da pandemia, destacando também algumas críticas políticas sobre o atual momento em que vivemos. Acreditamos que, mesmo em meio essa situação, não poderíamos perder o humor e tínhamos certeza de que arte e comédia poderiam ser meios de passar por essa fase de uma maneira mais leve e criativa. - diz.

Hoje, a equipe conta com 9 pessoas: Felipe Mendes (ator), Gabriele Dors (atriz e produtora), Gelton Quadros (ator e roteirista), Guilherme Senna (ator e produtor), Raiana Paludo (atriz), Mário Finard (roteirista), Fernanda Abegg (roteirista), Alan Orlando (editor) e Greice Morati (marketing).

Gabriele Dors enfatiza que o trabalho é totalmente independente e feito por artistas que acreditam na força e no potencial que a arte local tem de produzir conteúdos de qualidade:

- Nosso objetivo é trazer um humor inteligente e reflexivo. Nenhum episódio é "de graça". Nosso atual roteirista, Gelton Quadros, que está concorrendo a Melhor Roteiro no festival, busca sempre colocar alguma crítica no texto que faça a pessoa rir e, ao mesmo tempo, refletir.

A websérie conta com o apoio externo de muitas pessoas, seja com o figurino, locação, disponibilizando seu tempo e trabalho, ou mesmo compartilhando nossos vídeos e divulgando nosso trabalho.

As inspirações vem tanto do cinema quanto de canais de humor, como o Porta dos Fundos. Além do YouTube, o grupo possui pequenos vídeos veiculados no Instagram, em que trazem uma releitura de cenas clássicas do cinema.

Edição de Santa Maria do 'Clash of Chefs' acontece neste sábado

Quanto a recepção do público, a atriz e produtora aborda que a resposta é muito positiva:

- Temos pessoas de diversos lugares do país que acompanham nosso trabalho e que têm percebido o nosso crescimento, nos incentivando a continuar, por mais difícil que seja a produção audiovisual independente. Para nós, foi muito importante ter esse reconhecimento no festival justamente para que as pessoas comecem a olhar o nosso trabalho com mais seriedade. Achamos que ainda existe uma cultura na nossa cidade de não valorizar os artistas locais, pois muitas pessoas estão acostumadas a engajar quem já é famoso e conhecido e acabam não olhando para quem está do lado e que tem muito mais dificuldade em produzir e, ainda assim, não desiste. Nós temos profissionais muito bons aqui, tanto no teatro quanto no audiovisual.

Aos poucos, a equipe está retornando a produção presencial. O primeiro vídeo neste formato, foi o crítico 'Saneamento ou Morte', que traz uma esquete em que um cientista viaja no tempo para as vésperas do grito de independência do país para convencer Dom Pedro II a mudar algumas de suas atitudes visando a melhoria do Brasil em 2020.

Ao todo, a websérie possui 23 vídeos, distribuídos em 3 diferentes temporadas.

Para votar na Watermelon Diaries no Rio WebFest 2020, o público deve entrar no site do festival. O resultado sai entre os dias 11 e 14 de novembro. Quem quiser acompanhar a websérie, basta se inscrever no canal no YouTube e segui-los no Instagram.

*Colaborou Viktória Powarchuk


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190