audiovisual

Lupa Festival tem dois clipes locais selecionados

Santa Maria foi a quarta cidade gaúcha a inscrever peças de audiovisual no concurso

Natália Müller Poll
Foto: Foto: Reprodução


Foto: Reprodução / Gabro Demais foi um dos selecionados para votação na mostra online

Um artista e uma empresa de audiovisual de Santa Maria são os representantes locais no Lupa Festival de Videoclipes - concurso que foi criado com o objetivo de dar visibilidade à produção de videoclipes gaúchos produzidos nos dois últimos anos. Foram selecionados o clipe da música Rewind, do cantor Gabro Demais, e o clipe da música Tatu, do cantor pernambucano Tagore, que foi produzido pela empresa santa-mariense Toca Audiovisual. Ambos concorrem a seis prêmios que vão de R$ 1,5 mil a R$ 4mil.

Micro-empreendimento santa-mariense entrega cuidado e afeto em cada encomenda

Este festival veio com uma grande oportunidade para artistas e produtores de audiovisual em meio à pandemia. O processo seletivo, encerrado em 31 de maio, contou com 355 inscrições, sendo 346 validadas. Santa Maria foi a quinta cidade que mais enviou peças audiovisuais, ficando atrás de Porto Alegre, Pelotas, Canoas e Caxias do Sul.
Na última peneira, ficaram apenas 30 videoclipes classificados que estão disponíveis para votação em uma mostra online no site do Lupa. Essa mostra virtual dos selecionados, bem como o evento de premiação, se dará no dia 15 de julho de 2021, por meio do canal do YouTube do festival.

Exposição 'InTransFerível' provoca reflexão sobre diversidade de gênero

SELECIONADOS
Lucas Guillande foi responsável pelo roteiro, direção, montagem e direção de arte do clipe de Rewind. Para ele, foi foi uma surpresa ser selecionado entre tantos artistas do Rio Grande do Sul.
- Não esperávamos, embora quisessémos muito. Estamos muito felizes, mandamos quatro clipes e achei que Rewind era o mais provável de entrar, pela recursividade dele. Soluções que encontramos para realizar aquela história. Tem muita gente fazendo muito, com pouco. Produtores independentes e videomakers levando sua produção para concorrer como foi o nosso caso. Foi o primeiro festival que increvemos um trabalho nosso e fico feliz em ver que o peesoal tá brindando a criatividade e a ideia, muito mais do que termos técnicos. Lupa brinda quem está na frente e também quem está por trás das câmeras - diz.


Foto: Reprodução

O clipe do Tagore foi rodado em Restinga Sêca em um casarão da década de 1930 com uma parceria entre a Toca Audiovisual e uma equipe de bailarinos de Santa Maria que ficaram responsáveis pela coreografia.
- É muito legal ter um festival especificamente voltado para a produção de videoclipes no Estado, talvez seja o primeiro do Brasil. O Lupa teve um número muito grande de produções e estar ali com esse monte de clipe legal é interessante pra mostrar nosso trabalho e também para conhecermos novos artistas e produções - diz o diretor e roteirista Fabricio Koltermann.

Conforme ele, este é o quarto videoclipe que a equipe produz para o artista, e não vai ser o último:
- Eu sou muito fã do trabalho do Tagore e adoro a música dele. Ainda vamos fazer mais dois clipes para lançar na sequência.

Voluntários fundam associação para lutar pela causa animal

O LUPA
Geograficamente, a primeira edição do Lupa Festival de videoclipes abrangeu 45 municípios, representando 9% das cidades do estado. O Lupa contemplou entre os inscritos os mais diversos gêneros musicais, como o rock, com 85 inscrições, rap e hip hop, com 49, nativista e gauchesca, com 26 inscrições, além de gospel, fado, MPB, funk, música erudita, sertanejo, soul, bolero, samba, entre outros. A categoria videodança, apontando para a necessidade de atenção para este estilo e público específico.

O projeto é promovido pela OSC Sempre-Viva, da cidade de Santa Rosa (RS). Vencedora do Edital de Criação e Formação - Diversidade das Culturas da Lei Aldir Blanc no Estado, a Gaia Produção Cultural assina a coordenação geral e produção executiva. A votação pública está aberta e pode ser feita pelo site lupafestival.com.br. São 30 artistas ou produtores selecionados para a mostra que ocorrerá em 15 de julho.









fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190