tristeza

Amigos lamentam a morte de Humberto Gabbi Zanatta

Escritor e compositor morreu nesta sexta-feira, vítima de uma parada cardiorrespiratória

da redação

A morte do escritor e compositor Humberto Gabbi Zanatta pegou de surpresa o mundo nativista. Parceiro de Zanatta em clássicos do nativismo, como Tropa de osso, o músico Luiz Carlos Borges, 65 anos, deu um depoimento emocionado ao Diário sobre a morte do amigo. Na quinta-feira, Borges foi visitar o também músico Jorge Guedes, em São Luiz Gonzaga, e começaram a lembrar de Zanatta e a cantar letras de autoria dele.

Morreu dona de casa Odila Vargas de Christo

- Em algum momento, o Jorge Guedes me perguntou do Zanatta e eu disse que ele estava muito animado. E comecei a cantar canções dele, algumas em parceria comigo, e o Jorge ficou emocionado. A notícia me choca muito, pois há menos de 24 horas, estávamos reunidos numa tertúlia, cantando e lembrando o amigo Zanatta. As coisas até parece que se conectam, de repente o Zanatta, na sua viagem iniciada nas últimas horas, tenha lembrado dos amigos - contou Borges.

Borges e Zanatta chegaram até a alinhavar o retorno da parceria vencedora de grandes festivais nativistas na década de 1980, quando conquistaram troféus de campeões na Califórnia, de Uruguaiana, e na Coxilha Nativista, de Cruz Alta, entre outros. O reencontro foi em outubro, em Santa Maria, durante o Festival da Unimed. Borges esteve no Park Hotel Morotin, onde se realizava o festival, e de lá, por telefone, conversou com Zanatta, que não pôde ir ao show.

- E Ele estava em repouso e nós conversamos por telefone. A gente chegou a se provocar para uma nova investida, deixamos carreira atada. Ele queria muito compor, tinha até um tema - relembra Borges, lamentando a perda.

- Acima das parcerias estava o amigo, um ser humano exemplar, um vencedor - concluiu.

Cantora Miúcha, irmã de Chico Buarque, morre aos 81 anos

O cantor nativista Miguel Brasil, 59 anos, que mora em Santa Maria, também foi surpreendido com a notícia. Brasil gravou recentemente um CD com seis letras de Zanatta e seis de Chico Alves. O lançamento estava previsto para janeiro.

- Eu estava esperando por ele para lançar. É uma grande perda, o Zanatta é um dos maiores compositores de festivais - afirma Brasil.

OUTROS DEPOIMENOS

"É uma perda irreparável não só pelo compositor genial que era, mas pelo lado humano. Ele vai continuar vivo no coração da gente no cenário musical do Rio Grande do Sul" 
Analise Severo, intérprete 

"Tive o prazer de conviver com ele quando fomos jurados de uma das edições da Tertúlia. Era um grande escritor e compositor. Estou recebendo essa notícia com muita tristeza. O Zanatta era um ser de luz e uma referência para a gente" 
Jean Kirchoff, compositor e intérprete

A prefeitura de Santa Maria decretou luto oficial de um dia pela morte de Zanatta. Leia a íntegra do comunicado:

"Com pesar, a Prefeitura de Santa Maria decretou, nesta sexta-feira (28), luto oficial de um dia pelo falecimento do escritor Humberto Gabbi Zanatta, 70 anos. Ex-secretário de Cultura do Município entre 2004 e 2008, Zannata também foi vereador na 10ª Legislatura, de 1989 a 1992. O também jornalista, advogado (ambas formações pela Universidade Federal de Santa Maria) e sociólogo morreu nesta sexta-feira, no Hospital de Caridade Dr. Astrogildo de Azevedo em decorrência de uma parada cardiorrespiratória. 

Referência na Cultura santa-mariense e gaúcha, Zanatta foi, em 2009, patrono da Feira do Livro de Santa Maria e, em 2003, patrono da Feira do Livro Infantil de Santa Maria.

Natural de Taquaruçu do Sul, nasceu em 25 de julho de 1948, sendo que, aos dois anos, mudou-se para Santa Maria. Devido sua contribuição à Literatura, também foi patrono de outras feiras, como nas cidades de Cacequi, São Sepé e Júlio de Castilhos. Em 1977 foi o vencedor na categoria Conto, do Concurso Literário Felippe D'Oliveira. O escritor é patrono da cadeira número 06 da Academia Santa-mariense de Letras.

Humberto Gabbi Zanatta possui dezenas de obras individuais e mais outras tantas coletivas publicadas, entre poesia, crônica, ensaio e literatura infantil, além de músicas nativistas."

O velório de Zanatta será a partir das 21h30min desta sexta, na Câmara de Vereadores de Santa Maria. Já o enterro será às 16h deste sábado, no Cemitério Ecumênico Municipal.

A ÚLTIMA CRÔNICA PARA O DIÁRIO

No início deste ano, o Diário ganhou uma página semanal de crônicas. Sem hesitar, Zanatta aceitou o convite e passou a ser um dos quatro cronistas, revezando textos com Orlando Fonseca, Sione Gomes e Silvia Niederauer. Sempre pontual e entusiasmado, não deixou de enviar sua opinião nem na semana seguinte a uma alta hospitalar, no meio do ano. Mesmo na troca de e-mail, percebia-se o bom-humor, o carinho e a atenção que o escritor tinha para com sua obra e com seu público leitor. Por coincidência, seu último texto foi publicado nesta quarta-feira, dia 26 de dezembro e falava sobre o clima de fim de ano. Zanatta questionava-se sobre se o Natal havia mudado ou se as pessoas é que estavam diferentes...Disse que, enquanto o Papai Noel é o velhinho mais querido e aguardado do ano, os idosos da vida real, muitas vezes, ficam esquecidos e pedem atenção. Nessa última troca de ideias com os leitores do Diário, deixou uma mensagem oportuna.  

"Sabe-se que numa civilização do instantâneo, do descartável e efêmero, torna-se cada vez mais raro e difícil encontrar espaço para a reflexão, respeito, solidariedade e sentimento de pertencimento que a arte, a cultura e a educação propiciam. Constatada necessidade de mudança, comecemos por nós. Boas Festas!".

Obrigado, Zanatta, por lançar luz a temas tão pertinentes com sua criatividade, sensibilidade e sabedoria ao longo deste, que foi seu último ano.
Cassiano Cavalheiro, editor de Cultura do Diário de Santa Maria


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190