+inspiração

Agente penitenciária transforma itens descartados em móveis

Nas mãos de Vanessa, objetos jogados nas ruas tornam-se peças que embelezam diferentes espaços

Natália Müller Poll
Foto: Foto: Arquivo pessoal


Foto: Arquivo pessoal

Todo material descartado que chega às mãos da agente penitenciária Vanessa Saccol, 32 anos, é reaproveitado e se torna peça de valor. Em casa, ela se orgulha dos móveis produzidos a partir de itens que pegou da rua e transformou em peças úteis e funcionais, como mesas de cabeceira, entre outros. Tudo começou há dois anos, quando Vanessa voltou a morar na Boca do Monte, distrito de Santa Maria, onde passou a infância.
- Como a propriedade era da minha mãe e ela não tinha interesse em arrumar o local, logo que me mudei, comecei a trabalhar com o que estava sem uso. Aos poucos, tudo o que estava jogado foi restaurado. Hoje, se passo com a caminhonete na rua e vejo um material jogado, já recolho. Depois, penso no que aprontar com eles - conta.

Jovem cria 'Hora do Conto' e já soma mais de 200 vídeos durante a pandemia

Autodidata, a agente penitenciária associou tempo livre e criatividade, tudo aliado a muita pesquisa no Google, Youtube e em plataformas de imagens como o Pinterest. Quando criança, Vanessa chegou a ser chamada de acumuladora:
- Tudo pode ser útil em algum momento. Percebi que usar a criatividade e ter boa vontade é o que basta para transformar itens antigos e descartáveis em algo realmente necessário. A gente começa a olhar com outros olhos o que tem em casa. Amo fazer isso. É tudo simples. É uma alegria morar para fora e ter espaço trabalhar com o que se gosta.
A mesa de escritório da restauradora foi confeccionada a partir de uma cama antiga de ferro, já o painel da televisão tem como base uma porta antiga. Até o betume foi feito artesanalmente.
- Apliquei um produto caseiro feito com café, óleo de cozinha e água quente. Ele substitui o betume, que é um acabamento mais caro. Ficou lindo. Tento fazer tudo com materiais que já tenho em casa, a custo quase zero - explica.

Casal cria padaria artesanal de produtos com fermentação natural

Para Vanessa, o trabalho é mais que um lazer, é uma paixão. Além disso, pode se tornar uma renda extra. A iniciativa até rendeu um perfil no Instagram:
- Depois de fazer tantas peças lindas para mim, penso em produzir para vender. Aqui em casa, já tem bastante.
O trabalho, além de ser um exemplo de redução de resíduos da natureza, é uma inspiração para decorar a casa com poucos recursos financeiros, ocupar o tempo livre com coisas novas e construtivas.

Inspire-se você também

  • Pelo Instagram, Vanessa compartilha suas produções

+INSPIRAÇÃO
No ano em que completa 19 anos, a contracapa do jornal está de cara nova. O projeto +InspirAção traz histórias de quem se transformou e mudou de realidade. Serão abordados temas sobre saúde mental, espiritualidade, finanças pessoais, empreendedorismo, saúde, bem-estar e qualidade de vida. Além das histórias, um plus: a opinião de especialistas para que outras pessoas possam levar novos e positivos hábitos para suas vidas.


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190