contatos Assine
mundo cervejeiro

Viva o Homebrewer

17 Março 2019 14:00:00

Fazer cerveja em casa requer, além dos materiais específicos, muita paciência, mas o resultado compensa


Água, malte, lúpulo, leveduras e amigos. Se eu fosse dizer quais são os principais ingredientes para se tornar um bom cervejeiro caseiro, seriam esses os que eu apontaria. O homebrewer, palavra em inglês que dá nome ao que aqui no Brasil chamamos de cervejeiro caseiro, pode envolver uma atitude mais isolada, quando uma pessoa 'resolve' produzir sua própria cerveja ou coletiva, quando os cervejeiros se juntam em grupos e o fazem. Mas a essência, a raiz do movimento da cerveja artesanal está na fabricação em casa. É isso o que me fascina e faz de mim um homebrewer.

Algo que preciso deixar claro é que se engana quem pensa que só faz cerveja em casa quem está começando. Mesmo para quem já tem atividade profissional no ramo, a prática caseira é uma ótima forma de testar receitas e ousar. Às vezes, com técnicas inovadoras, outras testando leveduras. 

Na Inglaterra, os caseiros, são os responsáveis pelo resgate da tradição e de diversos estilos esquecidos. Os Estados Unidos, que mais uma vez destaco, tem uma tradição tão forte que criaram toda uma escola cervejeira. No Brasil, o movimento Homebrewer é muito forte, apesar de ter começado muito depois de outros países. No mundo todo, podemos dizer que ele já é responsável por grandes mudanças na história recente da cerveja. 

Panelas grandes, resfriadores e outros utensílios são aliados de quem faz cerveja em casa

Um dos aspectos importantes da evolução da produção da cerveja artesanal foi a criação das associações que reúnem cervejeiros. Em vários Estados, existem as ACERVAS (Associação de Cervejeiros Artesanais). No Rio Grande do Sul, é a Acerva Gaúcha que congrega as várias CERVAS, que são associações regionais. Em Santa Maria e Região, temos a Cerva Centro.

Essas associações promovem palestras, encontros degustações e concursos, promovendo, como principal finalidade a troca de informações entre os cervejeiros caseiros. Recomendo a participação nestas associações, tanto para os iniciantes quanto para os iniciados. É fundamental a troca de experiências para a ampliação dos conhecimentos. E esse intercâmbio de ideias e conhecimentos é justamente uma das partes mais interessantes de ser homebrewer. 

Fazer cerveja em casa requer, além da receita, alguns utensílios específicos, como panelas grandes e resfriador de mosto e alguns cuidados com práticas e técnicas, mas de modo geral pode-se dizer que é fácil, porém trabalhoso e requer paciência. 

Fácil porque não tem nenhum mistério, basta adquirir os ingredientes, normalmente vendidos em kits e seguir o que está na receita: quantidades, passos, tempos e temperaturas, simples assim. Trabalhoso porque a execução da receita (cozimento) vai consumir ao todo algo como 4 horas e a paciência é necessária para que a fermentação aconteça, o que leva mais ou menos 7 dias e depois a maturação, que vai levar mais uns 10, no mínimo. Ah, e depois, com o passar do tempo, certamente você vai querer experimentar suas próprias receitas, o que vai demandar ainda mais tempo e criatividade. 

Geralmente, esses materiais costumam ser comprados pela internet. Aqui em Santa Maria, o que facilita bastante as coisas é que a cidade conta com uma loja de insumos especializada, o Ponto Cervejeiro, que é uma das mais completas do estado e tem ótimos Kits para iniciantes e todo tipo de equipamento. 

Uma coisa, eu garanto a todos: Santa Maria tem Cervejeiros Caseiros que não fazem feio em nenhum lugar do mundo, já provei cervejas sensacionais, feitas por caseiros santa-marienses. E aconselho: se você tiver a oportunidade de experimentar uma cerveja feita por aqui, não pense duas vezes. 

Falando nisso, estão abertas as inscrições do 2º Beer Cup da Cervacentro, que vai escolher as melhores cervejas de cervejeiros artesanais do Rio Grande do Sul. Veja o regulamento aqui.

Quer trocar uma ideia sobre o tema? Te espero no dscoelho@macchina.com.br.

fale conosco

redação
leitor@diariosm.com.br
(55) 3213-7110
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190