finanças pessoais

Você já sabe como investir seu dinheiro?

Colunista Adriano Pascotini comenta possibilidades de investimento financeiro


Certa vez, escrevi nesta coluna sobre a importância de economizarmos o nosso dinheiro, onde mencionei que investir em uma Poupança Bancária é uma das formas mais simples e seguras de poupar e ainda ter um retorno financeiro. No entanto, o que eu não mencionei é que os juros da poupança que é de aproximadamente 4,55% ao ano, acaba sendo menor do que o rendimento que outros investimentos podem oferecer. 

Assim, pensando na importância deste assunto que, irei dar algumas dicas e explicar como funcionam as principais formas de investimentos que existem hoje no mercado: 

Investimentos de Renda Fixa: É a modalidade de investimento em que há maior chance de você saber qual será o valor que irá receber quando for resgatar seu dinheiro aplicado. É ideal para quem procura correr menos riscos e ter maior segurança. Entre as principais modalidades de investimentos de Renda Fixa, irei destacar duas: 

1) Tesouro Direto: É uma plataforma do Governo Federal em você pode comprar títulos do Tesouro Direto e receber juros pelo valor investido. Dentro do Tesouro Nacional existe o Tesouro SELIC, que acompanha a taxa de juros, títulos que acompanham a taxa da inflação (IPCA) e outros em que você poderá conhecer o rendimento já no momento da compra. Vale mencionar que os títulos do Tesouro Direto possuem liquidez diária, ou seja, você pode vender ou resgatar seu investimento quando quiser. 

Também é interessante dizer que essa é a forma mais segura de aplicar seu dinheiro, pois, você só não receberá o que investiu de volta caso o país quebre. Assim, por ser uma opção de investimento fácil, segura e protegida da inflação, o Tesouro Direto tornou-se uma ótima opção para quem pretende investir seu dinheiro a longo prazo. 

2) Letras de Câmbio: São títulos emitidos por Instituições Financeiras ou Bancos para que os mesmos consigam realizar suas atividades. Em outras palavras, você empresta dinheiro para o Banco em troca de juros. Nesta modalidade, é simples acompanhar as taxas de juros do mercado e saber quanto o seu dinheiro irá render ao final. 

Investimentos de Renda Variável: Para ficar mais fácil de entender a diferença entre Renda Fixa e Variável, é importante levar em consideração três aspectos dos investimentos: a liquidez, a rentabilidade e os riscos. Nunca estes três aspectos estarão juntos, assim, quanto maior a rentabilidade de um investimento, maior será o risco do mesmo dar errado. Em resumo, os investimentos de renda variável são ótimos para quem procura maiores lucros e não tem medo de arriscar. 

São exemplos de investimentos de renda variável as Ações da Bolsa de Valores e os Fundos Imobiliários: 

1) Ações: Investir em ações nada mais é do que tornar-se acionista de uma empresa, porém, existe o risco da empresa ir à falência e você perder todo dinheiro que investiu nas ações dela. Assim, apesar das ações serem uma ótima forma de investimento, é importante que você estude sobre como funciona este tipo de negócio e que procure um economista ou corretor que trabalhe na bolsa de valores para melhor orientá-lo. 

2) Fundos Imobiliários: São Fundos onde você pode comprar porcentagens de um imóvel ou de um conjunto de imóveis. A grande vantagem dos investimentos feitos nos Fundos Imobiliários é que você receberá seus dividendos mensalmente isentos de Imposto de Renda. 

Novas formas de investimentos: É graças ao grande avanço da tecnologia que podemos contar hoje com novas formas de investimentos. Apesar de fugirem um pouco do mercado financeiro tradicional, estas novas modalidades são parecidas com os investimentos de renda variável, pois, são considerados investimentos de maior risco. Entre estas novas formas de investimento, acredito que seja válido dar uma atenção especial para as Criptomoedas e para os Empréstimos de pessoa para pessoa. 

1) Criptomoedas: São moedas digitais criptografadas que podem gerar ganhos superiores aos do mercado financeiro tradicional e que não são regulamentadas por um Governo. Sua compra, venda e negociação são todas realizadas pela internet e sua lógica é a mesma do dinheiro em espécie, ou seja, servem para transações de compra e venda de bens e serviços e para que você possa ter uma reserva financeira. 

No entanto, apesar de muitas pessoas terem obtido bastante lucro investindo em criptomoedas, ainda existem muitas fraudes neste seguimento e por isso, é importante que antes de investir nesta área você estude e pesquise sobre o assunto. 

2) Empréstimos de pessoa para pessoa: Conhecidos em outros países como empréstimos "person to person" ou "peer-to-peer", é uma modalidade de investimento onde uma pessoa empresta seu dinheiro para outra ou para uma empresa. No Brasil, existem algumas empresas que trabalham com esta modalidade de investimento e irei utilizar como exemplos duas delas, a Mutual e a Ioou: 

No caso da Mutual, a empresa funciona como uma intermediadora onde pessoas emprestam dinheiro para outras pessoas de forma bem simples. Em resumo, o investidor que estiver emprestando seu dinheiro poderá receber juros melhores do que receberia se tivesse aplicado seu dinheiro em uma poupança bancária ou qualquer outro investimento de renda fixa. É importante mencionar que, caso o lado tomador do empréstimo não pague a dívida, a Mutual possui um setor de cobranças que se responsabilizará em fazer as cobranças extrajudiciais e judiciais em nome do investidor. 

Por outro lado, a Ioou trabalha como uma intermediadora de empréstimos de pessoas para pequenas e médias empresas. Desta forma, tanto o investidor quanto a empresa que tomou o empréstimo serão beneficiados e irão fazer negócios melhores do que teriam feito se tivessem recorrido a qualquer Banco. Portanto, além deste modelo de investimento ser bom para ambos os lados, também é bom para o crescimento da economia do nosso país, pois, facilita o empréstimo e deixa o crédito mais barato. 

Por último, se você optar por começar a investir seu dinheiro, é preciso que preste atenção em algumas dicas bem simples. Primeiro, é fundamental que você tenha seus objetivos bem claros e saiba se pretende fazer investimentos em curto, médio ou longo prazo. Além disso, é importante que você tenha em mente se está disposto a correr riscos ou se prefere investir seu dinheiro de forma mais segura. 

Lembre-se também que, antes de aplicar o seu dinheiro, você deve pesquisar e estudar sobre o seguimento que pretende investir, conhecendo suas vantagens e seus riscos. Por fim, caso você tenha qualquer dúvida, procure por um profissional da área para que o mesmo possa melhor orientá-lo sobre o assunto.


fale conosco

redação
leitor@diariosm.com.br
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
atendimento@diariosm.com.br
ouvidoria@diariosm.com.br
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190