contatos Assine
finanças pessoais

Dicas para sair do cheque especial

19 Novembro 2018 11:49:00

Colunista Giovanna Lara traz 4 sugestões que podem amenizar o pagamento de juros


O cheque especial pode chamar atenção devido à grande facilidade de acesso ao dinheiro, visto que é disponibilizado diretamente na conta corrente. Ocorre que os juros do cheque especial são altíssimos, podendo chegar a 500% ao ano.

Portanto, vale ressaltar que o cheque especial é uma ferramenta que deve ser usando em último caso, para emergências, sendo recomendável que o consumidor contrate outras linhas de crédito como empréstimos, por possuírem juros mais acessíveis.

Porém, alguns consumidores podem acabar se descontrolando financeiramente, utilizando o cheque especial de forma equivocada, e acaba acumulando juros com os quais não pode arcar. Pensando nisso, separei algumas dicas para que o consumidor possa sair dessa "bola de neve":

Renegociação _ Procure seu banco e exponha a sua vontade em renegociar a sua dívida. Muitas vezes, os bancos aceitam fazer um parcelamento dessa dívida e até reduzir os juros. Caso não consiga realizar essa renegociação, o curso de Direito da UFN, em conjunto com o Procon de Santa Maria, realiza o Projeto de Prevenção e Tratamento do Superendividamento, que visa auxiliar pessoas endividadas. Através desse projeto, é possível realizar uma audiência de conciliação com a empresa credora, na qual será apresentada uma proposta de acordo que você poderá aceitar ou não de acordo com as suas condições. Para ter mais informações sobre o projeto, basta ligar para o número (55) 3025-9023, e falar com um atendente jurídico;

Reduza o limite ou cancele o cheque especial - É possível reduzir seu limite ou até mesmo cancelar o cheque especial. Dessa forma, é possível evitar um descontrole financeiro, uma vez que terá menos dinheiro à disposição, o que leva também a uma redução de gastos;

Priorize dívidas do cheque especial - como já foi dito anteriormente, os juros do cheque especial são os mais altos do mercado. Por isso, é importante que você priorize a quitação do cheque especial, sendo interessante, inclusive, dependendo do valor devido, a contratação de outra linha de crédito, com um prazo e juros mais razoáveis para a quitação do cheque especial;

Fique atento a sua conta corrente - hoje em dia, a maioria dos bancos disponibiliza aplicativos para celular que possibilitam o controle de suas finanças. É importante ter controle do seu saldo, e para isso esses aplicativos se mostram uma ótima ferramenta, uma vez que você sempre tem acesso a quanto de saldo você possui na sua conta, e assim é possível saber quanto pode gastar.

O cheque especial pode parecer uma ótima ferramenta, em vista da aparente facilidade em ter acesso ao dinheiro. Porém, deve ser utilizado com muito cuidado, pois pode acabar sendo um caminho sem volta.

fale com a redação

quem somos
leitor@diariosm.com.br
(55) 3213-7110
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3220-1717
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3220-1818
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)

para anunciar
(55) 3219-4243
(55) 3219-4249