contatos Assine
cultura

Quem fala de literatura na televisão brasileira?

Colunista fala sobre programas de televisão que abordam temáticas relacionadas à literatura



Em maio tivemos o fim da 46ª edição da Feira do Livro de Santa Maria. Um espaço em que muitos compraram ou ganharam seus primeiros livros e, assim, podem começar a criar seu hábito de leitura, seja ela na versão física ou digital; seja uma história de ficção ou não. 

Em meio a um período que a cultura é muitas vezes questionada e maltratada pela política, é importante que outros meios busquem formas de inserir a literatura como parte de sua programação. E não só como forma de entretenimento, mas também como informação. 

Já é de praxe assistirmos ao 'Altas Horas' ou 'Domingão do Faustão' (Globo) e acompanharmos aquele momento dos "recebidos" dos apresentadores, em que divulgam livros (CDs e DVDs também), muitas vezes sem muita profundidade. Ou até mesmo o 'Encontro' (Globo), 'Saia Justa' ou 'Papo de Segunda' (GNT), que inserem livros ou autores quase toda semana dentro de alguma temática abordada. 

Mas a TV aberta vem proporcionando algumas evoluções nos últimos tempos. Por exemplo, Regina Volpato adicionou ao 'Mulheres' (Gazeta) um quadro para falar sobre livros, histórias que se relacionam com a vida e muitas vezes indicar grandes clássicos da literatura nacional e mundial. Tudo isso com a presença de convidados, como Felipe Brandão, que criou o projeto 'Esqueça um Livro' e hoje em dia trabalha na Editora Planeta. 

Já o 'É de casa', programa que ocupa as manhãs de sábado da Globo, apresenta toda semana um livro que vai fazer parte da Biblioteca do programa (confira aqui um vídeo). Os apresentadores comentam sobre a obra, sua história e adicionam a estante. 

Também temos o 'Trilha de Letras' (TV Brasil), que traz dicas de leituras, debates e entrevistas com autores. 

Na RBS TV foi utilizado um espaço do 'Jornal do Almoço', chamado "Entre Aspas", para divulgar dicas de leitura no período da Feira do Livro (confira aqui um vídeo). Uma pena que o projeto não seguiu na programação após esse período. 

O que podemos ver é que a literatura não deve ser uma pauta temporária, mas sim um assunto abordado frequentemente. Leitura é um momento de reflexão, que traz conhecimento e cultura, independente do autor ou estilo literário escolhido. E sem dúvida é um hábito, que podemos ver que muitos programas de TV estão tentando levar para o espectador.


fale conosco

redação
leitor@diariosm.com.br
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
atendimento@diariosm.com.br
ouvidoria@diariosm.com.br
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190