jaqueline silveira

Partilha do pré-sal ficou menor do que o previsto

Confira os valores

18.308
O dinheiro da partilha do pré-sal, após o leilão realizado no dia 6 de novembro, encolheu em relação à estimativa inicial feita pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM), que era de arrecadar R$ 106,52 bilhões. Entretanto, como só foram arrematados dois dos quatro blocos do pré-sal, o valor ficou bem abaixo: R$ 69,96 bilhões. 8ª CROP promove mais um mutirão para regularizar imóveis nas cohabs 
Em consequência, o recurso destinado à região também será menor (confira abaixo). Foi reduzido pela metade. Dos R$ 57 milhões estimados, as prefeituras receberão juntas, ao final, menos de R$ 30 milhões. Santa Maria, por exemplo, tinha a expectativa de embolsar mais de R$ 7 milhões, mas, após o leilão, terá direito à metade desse valor: R$ 3,5 milhões. Nos cofres das cidades menores, ingressará pouco mais de R$ 418 mil. Já para os municípios de porte médio da região, as cifras variam entre R$ 558 mil e R$ 1,6 milhão.   
Embora não fosse o recurso esperado, não deixa de ser uma verba importante para as prefeituras que, em sua maioria, encontram dificuldades para fazer melhorias para a população e fechar as contas. O recurso poderá ser usado para reduzir o déficit com os fundos de Previdência, pagar parcelamento de dívidas ou, ainda, fazer investimentos, como obras, dependendo das necessidades de cada município.
Ainda não há definição se o dinheiro será repassado integralmente este ano ou parte, ou todo em 2020. Mesmo que os valores tenham frustrado as expectativas dos gestores, o recurso extra será bem-vindo em um momento em que as prefeituras passam por um sufoco financeiro.
Confira quanto cada município de região de cobertura do jornal receberá, de acordo com a Confederação Nacional dos Municípios (CNM) após o leilão do pré-sal: 
  • Agudo - R$ 837,3 mil
  • Cacequi - R$ 558,2 mil
  • Caçapava do Sul - R$ 1,1 milhão
  • Cruz Alta - R$ 1,6 milhão
  • Dilermando de Aguiar - R$ 418,6 mil
  • Dona Francisca - R$ 418,6 mil
  • Faxinal do Soturno- R$ 418,6 mil
  • Formigueiro R$ 418,6 mil
  • Itaara R$ 418,6 mil
  • Itacurubi R$ 418,6 mil
  • Ivorá R$ 418,6 mil
  • Jari R$ 418,6 mil
  • Jaguari R$ 558,2 mil
  • Júlio de Castilhos R$ 837,3 mil
  • Lavras do Sul R$ 418,6 mil
  • Mata R$ 418,6 mil
  • Nova Esperança do Sul R$ 418,6 mil
  • Nova Palma R$ 418,6 mil
  • Paraíso do Sul R$ 418,6 mil
  • Pinhal Grande R$ 418,6 mil
  • Quevedos R$ 418,6 mil
  • Restinga Sêca R$ 697,8 mil
  • Rosário do Sul R$ 1,2 milhão
  • Santa Margarida do Sul R$ 418,6 mil
  • Santa Maria R$ 3,5 milhões
  • Santiago R$ 1,3 milhão
  • São Francisco de Assis R$ 837,3 mil
  • São Gabriel R$ 1,6 milhão
  • Santana da Boa Vista R$ 418,6 mil
  • São João do Polêsine R$ 418,6 mil
  • São Martinho da Serra R$ 418,6 mil
  • São Pedro do Sul R$ 697,8 mil
  • São Sepé R$ 976,9 mil
  • São Vicente do Sul R$ 418,6 mil
  • Silveira Martins R$ 418,6 mil
  • Toropi R$ 418,6 mil
  • Tupanciretã R$ 976,9 mil
  • Unistalda R$ 418,6 mil
  • Vila Nova do Sul R$ 418,6 mil


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190