flávio pereira

Bancada gaúcha debate com o governador três pautas prioritárias

Leia a coluna de Flávio Pereira desta segunda

Três pautas mobilizaram a bancada gaúcha na manha desta segunda-feira: o período de estiagem, a possível chegada do coronavírus ao Rio Grande do Sul e a mobilização pela busca do ressarcimento das perdas da Lei Kandir. A reunião, na Assembleia Legislativa contou com a presença de 28 deputados estaduais, 14 deputados federais e do senador Lasier Martins.

:: Leia mais colunas de Flávio Pereira

Bancada terá agenda de encontros 
Foi definido que este encontro será o primeiro de uma série de reuniões para debater assuntos de relevância para o Estado. O próximo, de acordo com o deputado Ernani Polo, ocorrerá em 11 de maio. "Se pudermos unificar as pautas que chegam até nós, teremos uma condição melhor de avançar e de fazer com que elas se tornem realidade", explicou o governador Eduardo Leite. 

Governo Federal vai somar-se à privatização da Sulgás
A intenção do Governo Federal de vender a sua participação no mercado de concessões de gás em vários estados inclui interesse em harmonizar seu cronograma com o processo de privatização da Sulgás, no Rio Grande do Sul. Existe o interesse do governo federal, em encaixar a venda da participação na Sulgás, Gaspetro, da Petrobrás.

Expectativa: primeiro trimestre de 2021
O governo gaúcho detém 51% das ações da Sulgás, seguido pela Gaspetro, da Petrobrás,com 25%. A expectativa do governo gaúcho, projeta a venda da Sulgás para o primeiro trimestre de 2021. Até lá, serão cumpridas etapas, como o envio à Assembleia Legislativa do projeto de lei que regulamenta o mercado do gás no Rio Grande do Sul. A margem de erro neste cronograma e mínima, graças à parceria com o BNDEs, e consultorias que detém expertise na estruturação de negócios deste porte.

Fechamento do materno-infantil da PUC prejudica Faculdade de Medicina
O fechamento do serviço materno-infantil do Hospital São Lucas, mantido pela PUC em Porto Alegre,e que realiza atendimentos pelo SUS para pacientes da capital e de todo o interior, traz também um prejuízo direto à residência médica da sua Faculdade de Medicina. A série de protestos, e o movimento forte feito pelo Cremers (Conselho Regional de Medicina) fizeram a PUC recuar. Mas, ao que tudo indica, o recuo é meramente estratégico. A decisão de fechar o materno-infantil já estaria tomada.


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190