Deni Zolin

Ministro fala de mudanças no projeto da Ferrovia Norte-Sul aqui na região

Tarcísio Gomes de Freitas comentou que atual estrada de ferro será revitalizada, e não deve mais ser construída uma nova ferrovia

Durante uma live feita nesta quarta-feira pelo deputado Afonso Hamm (PP), o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, falou de mudanças no projeto da ferrovia Norte-Sul entre São Paulo e o porto de Rio Grande. A ideia inicial era construir uma ferrovia nova, que passaria aqui pela região. Porém, Freitas declarou que a ideia agora é aproveitar a malha já existente e revitalizá-la.

- A gente discute hoje a prorrogação da Malha Sul da ferrovia. Acabamos de fazer a prorrogação da Malha Paulista, vamos ter um investimento privado de R$ 6 bilhões feito em 5 anos, uma geração de 10 mil empregos, uma ampliação de capacidade de 35 milhões para 110 milhões de toneladas, e a gente quer fazer algo parecido com a Malha Sul. E isso conversa até com a questão da Ferrovia Norte-Sul, que a gente chegou a Estrela d'Oeste (SP). Ela vai descer para o Rio Grande do Sul? Na verdade, não faz sentido descer com a Ferrovia Norte-Sul, porque já temos uma linha, um tronco Sul. O que precisamos fazer é repotencializar esse tronco Sul - declarou.

Governador cedeu ao perceber que setor econômico estava no limite

Dentro dessa proposta, haverá obras aqui na região. 

- Nessa recuperação da Malha Sul, vamos fazer a recuperação do ramal de Cruz Alta e do ramal de Uruguaiana, e a ligação desses dois ramais até o Porto de Rio Grande, e a recuperação de todo o tronco Sul até Sumaré (SP). Então, a gente conectaria o restante da malha ferroviária nacional com a Malha Sul. A partir do ano que vem, já vamos ter a Ferrovia Norte-Sul totalmente funcionando, desde o porto de Itaqui até o porto de Santos. Essa ligação Sumaré até o porto de Rio Grande vai fazer a conexão da Malha Sul com o resto do Brasil. Então, isso vai fundamental para o porto de Rio Grande, para a economia do Rio Grande do Sul. A gente vai ver até a carga industrializada ou subindo em direção a São Paulo, ao resto do Brasil e ao Centro-Oeste, ou descendo em direção ao Sul do país. É um movimento muito importante e um investimento muito pesado que vai dar muita funcionalidade a todo esse setor no Rio Grande do Sul - afirmou o ministro.

A tendência é que isso leve alguns anos para sair do papel. Mas se ocorrer mesmo, deve haver aumento significativo do tráfego de trens por Santa Maria, que devem utilizar a linha antiga, mas recuperada. É absurdo haver trechos inteiros da ferrovia desativados e tão pouco transporte ferroviário no país.


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190