novidade

Com liberação de R$ 10 milhões, obra da Travessia Urbana deve acelerar

Com a vinda desse dinheiro, construtoras poderão começar 2021 com um ritmo de obras mais intenso

18.306
Foto: Foto: Divulgação


Foto: Divulgação/

Saiu, nesta quarta-feira, o empenho que liberou oficialmente mais R$ 10 milhões para a duplicação da Travessia Urbana ainda em 2020. Esse dinheiro havia sido pedido há dois meses pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) ao governo federal, pois as verbas do Orçamento de 2020 já haviam sido todas gastas. Com a vinda desse dinheiro, será possível pagar o que foi feito no final deste ano, e as construtoras poderão começar 2021 com um ritmo de obras mais acelerado.

Desemprego atingiu recorde no país em novembro, aponta pesquisa do IBGE

Além disso, o Orçamento da União prevê mais R$ 36,9 milhões para a Travessia de Santa Maria. Portanto, a previsão é que o Dnit ainda vai precisar correr atrás para conseguir outros R$ 10 milhões para concluir totalmente a duplicação, o que pode ocorrer ainda em 2021. Mas isso não é tão difícil de conseguir.

Pesquisa mostra o que os santa-marienses pretendem fazer com o 13º neste ano

Iniciada em 16 de dezembro de 2014 com promessa inicial de ser concluída em 3 anos, a duplicação dos 14,5 km da Travessia Urbana de Santa Maria está atrasada, mas entrará na reta final em 2021. Apesar de o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) não precisar um prazo para conclusão, estima que ela seja terminada ao longo do ano que vem. O prazo anterior era metade de 2021.

Bancos abrem de manhã na véspera do Natal

Atualmente, o principal canteiro de obras é no Trevo da Uglione, onde está sendo erguido o segundo viaduto no sentido São Pedro-Júlio de Castilhos e escavada a trincheira que servirá para o tráfego do sentido Júlio de Castilhos-São Sepé e vice-versa. Divisórias centrais também já estão sendo instaladas na rodovia (foto ao lado). Já no trecho entre o Bairro Santa Marta e a ponte sobre o Arroio Taquara, as quatro pistas já estão sendo usadas. Porém, ainda não foram liberadas oficialmente, porque seguem obras de acabamento e, durante os serviços, pode haver pequenos estreitamentos na via. A estimativa é que, até abril, ou no máximo, a metade do ano, tudo fique pronto. Mas dependerá do volume de verbas. 

O próximo desafio é retirar as quatro casas que impedem o início da construção da passagem inferior da Urlândia e as 16 moradias que barram a conclusão do Viaduto da Santa Marta. Isso deve ocorrer até março. As famílias receberão verba para comprar casas e saírem. Depois de concluídas essas obras, faltará ainda colocar uma última camada de asfalto e a sinalização definitiva em toda a duplicação.

Claro que a obra demorou demais, porém, ao menos nunca parou, apesar de todas as crises pelas quais passou o Brasil desde 2014.

O que falta ser concluído 

Confira, abaixo, a situação de cada trecho, com o percentual já concluído e o valor gasto até agora

Viaduto e trincheiras da Uglione*78%R$ 40,8 milhões
Passagem inferior da Urlândia4%Não informado
Ponte do Cadena**83%R$ 3,6 milhões
Passarela do Bairro São João60%R$ 1,1 milhão
Passagem inferior da Vasco da Cunha70%R$ 2,1 milhões
Viaduto da Santa Marta70%R$ 9 milhões
Passarela do Parque Pinheiro Machado97%R$ 1,7 milhão
Terraplanagem (lote 2, entre Uglione e Arroio Taquara)98%Não informado
Pavimentação (lote 1)97% Não informado
Pavimentação (lote 2)90%Não informado
Iluminação (lote 1)93%Não informado
Iluminação (lote 2)30%Não informado

*Um dos dois viadutos já foi liberado
** A segunda ponte já foi concluída e liberada ao tráfego. A ponte antiga foi demolida e está sendo reconstruída


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190