Deni Zolin

Apesar do caos, ocupação de UTIs da região é uma das menores do Estado

Boletim do governo do Estado revela que situação é dramática em outras regiões e que passa de 300 o total de pacientes aguardando por UTI no RS


Os gráficos apresentados na sexta-feira pelo governador do Estado revelam o caos que atingiu os hospitais de várias regiões gaúchas nas últimas semanas, com a lotação dos leitos de UTIs estando muito acima da capacidade (como mostram as linhas em azul, que ultrapassam o teto de ocupação). Porém, a situação só não é pior porque, em algumas regiões, como Santa Maria, conseguiu-se ampliar a quantidade de leitos de UTI e porque as medidas de distanciamento estão ajudando a frear a quantidade de pessoas em estado grave. Mesmo assim, chegou a haver pelo menos uma dezena de mortes de pessoas que faleceram na UPA de Santa Maria à espera de leito de UTI. Se isso ocorreu aqui, onde os gráficos do Estado revelam uma ocupação de UTIs perto de 100%, imagine quantas pessoas morreram à espera de leitos em outras regiões, onde havia ocupação acima de 130% nas unidades de tratamento intensivo.

O prefeito Jorge Pozzobom (PSDB) contou, recentemente, que a Secretaria Estadual da Saúde informou que a região de Santa Maria é uma das que conseguiram se estruturar melhor nesses últimos 12 meses, com ampliação de UTIs e leitos clínicos para Covid em hospitais públicos e privados. Isso ajudou muito para que, mesmo no auge da pandemia agora, houvesse poucos casos de pacientes esperando por UTI ou morrendo à espera - o que é gravíssimo e ocorreu, infelizmente, até aqui.

Vacinação para 70 anos ou mais será nesta quarta em Santa Maria

Esses dados do gráfico acima, da última sexta, revelam que havia 333 pessoas em todo o Estado aguardando por leitos de UTI, além de outros 299 pacientes sendo atendidos acima da capacidade. O problema ainda segue. Só em Porto Alegre, por exemplo, ontem havia 225 pacientes com Covid em emergências aguardando por um leito de UTI, além de 116 doentes em ventilação mecânica fora de UTI e 17 pacientes sem Covid esperando em emergências por uma vaga em unidade de terapia intensiva. Em termos de ocupação, a pior situação era do Hospital Moinhos de Vento, com 106 pacientes para apenas 66 leitos de UTI - taxa de 160%. Se cerca de 60% dos pacientes com Covid que vão para UTI, infelizmente, acabam morrendo, imagine o que pode acontecer com quem nem leito de terapia intensiva consegue.

É uma situação dramática, que muita gente segue ignorando e, com isso, sendo irresponsável e andando sem máscara pelas ruas. É inacreditável que, diante dessa realidade, ainda haja pessoas minimizando a pandemia.

TAXA DE MORTALIDADE DE SANTA MARIA AINDA ESTÁ ENTRE AS MENORES

Basta abrir as redes sociais para ver as tristes publicações de amigos, parentes ou conhecidos anunciando a morte de algum ente querido por causa da Covid. Há casos de famílias que perderam três ou quatro pessoas, como já ocorreu em Santa Maria e Cruz Alta. Apesar de tanta dor, analisando os números das 25 maiores cidades gaúchas, a situação de Santa Maria é uma das menos piores em termos de taxa de mortalidade. Até agora, as menores são Santa Cruz do Sul (87,4 mortes a cada 100 mil habitantes), Uruguaiana (96,1) e Santa Maria (113,4). Logo em seguida, vem Caxias do Sul (115,5). Já as piores são Esteio (269,2 mortes a cada 100 mil habitantes), Sapiranga (261,8), Canoas (229,4), Novo Hamburgo (216,0) e Porto Alegre (203,8).

Na região, as piores taxas de mortalidade são de Cruz Alta (174,1 óbitos a cada 100 mil habitantes), Silveira Martins (167,8), Jaguari (165,9) e Itaara (163,7). Silveira teve 4 mortes, e Itaara, 9, segundo o boletim do Estado divulgado na sexta, mas em termos proporcionais pelo tamanho da população, a taxa é muito elevada. Santa Maria já tinha, até ontem à tarde, 335 mortes por Covid. É duro saber que, diante de tantos óbitos, ainda tenhamos de tentar nos conformar em ver que a situação de outras regiões é muito pior do que a nossa.


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190