contatos Assine
opinião

OPINIÃO: 2018, ano para ser lembrado

02 Janeiro 2019 12:00:00

Escrevo para lembrar aos leitores que 2018 não foi um ano qualquer, 2018 foi o ano!


O ano de 2018 foi um ano que deverá lembrado por todos. O ano que você contará aos seus netos com as indagações "em 2018, isso também aconteceu" ou " já vi isso acontecer lá em 2018". Escrevo este artigo para lembrar aos leitores que 2018 não foi um ano qualquer, 2018 foi o ano! Ano de Copa do Mundo, em que o monstro dos campos literalmente parou de dar medo. A temida Alemanha não passou da primeira fase da Copa da Rússia e a França conquistou um bicampeonato. É bem verdade que ainda não nos recuperamos dos 7 a 1, caímos nas quartas de final e mostramos um futebol nada empolgante.

Na ciência, a despedida do gênio Stephen Hawking, imortalizado pela teoria dos buracos negros e retratado no filme "A Teoria de Tudo", marcou o ano. Por falar em gênio, outra despedida foi do mestre dos quadrinhos Stan Lee. Outro destaque de 2018, foi um casamento, mas não um qualquer. O casamento real do Harry e Meghan Markle representou uma quebra nos costumes reais e no da sociedade com uma união inter-racial que retomou o debate sobre o racismo e a xenofobia. Por falar em amor, a novela "Força de Querer" trouxe a luta constante contra o preconceito e as questões de gênero.

Em 2018, também teve milagre, teve fé, aqui me refiro aos 12 meninos que foram passear pela província Tailandesa de Chiang Rai com seu técnico de futebol e terminaram presos dentro de uma caverna. O tempo total de espera foi de 17 dias, todos foram resgatados com vida, um milagre devido à complexidade do resgate. Escrever sobre fé, preciso citar o Papa Francisco, que mais uma vez surpreende ao acolher os mais necessitados no Vaticano em um almoço. Francisco já pregou pelo amor entre as pessoas e pelos animais, espero que o rebanho dele esteja entendendo suas atitudes e mensagens.

Os 500 anos da reforma protestante idealizada por Lutero também foi celebrada em 2108. O que falar sobre a esfera política? A turbulência marcou o ano. As "fake news" foram as grandes campeãs. As notícias falsas mostram que precisamos de mais leitura, estudo e checagem de informação. Tivemos um ex-presidente preso, um atual presidente indiciado (que pode ser preso após acabar o seu mandato e o foro privilegiado) e um presidente eleito, que até o momento não tem casos de corrupção, infelizmente o mesmo não podemos dizer de seus filhos. A crise migratória está longe do fim. Aliás, quando criticamos os imigrantes, esquecemos que muitas das vezes carregamos um sobrenome de alguém que "lutou" muito para construir uma terra a qual ninguém queria ou se interessava.

Para 2019, desejo mais compreensão, empatia com o próximo, generosidade e fé. Viva! Seja feliz em 2019.

fale conosco

redação
leitor@diariosm.com.br
(55) 3213-7110
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)

para anunciar
(55) 3219-4243
(55) 3219-4249