colunista do impresos

Nunca foi sorte

Autoconhecimentoe crescimento não são simples, mas certamente são recompensadores

Todos que têm sucesso sabem que o sucesso não é definido pela sorte, mas por muito trabalho, estudo, determinação, resiliência e foco. Encontre sua vocação. Todo mundo tem uma. E seu verdadeiro trabalho na vida é descobrir o mais rápido possível o que é isso, quem você deveria ser, e começar a honrar isso da melhor maneira possível para si mesmo.

Nada no mundo pode substituir a persistência. O talento não; nada é mais comum do que homens malsucedidos com talento. O gênio não; gênio não recompensado é quase um provérbio. A educação não; o mundo está cheio de abandonados educados. Persistência e determinação são onipotentes. O slogan "continue" resolveu, e sempre resolverá os problemas da humanidade.

Todos que já experimentaram uma forma de sucesso sabem que nunca é fácil. Uma característica essencial que todas as pessoas de sucesso compartilham é que são persistentes.

O sucesso não é devido à sorte. Sua vida é muito valiosa e importante e não deve ser desperdiçada deixando-a para a sorte. Seu sucesso depende muito de sua capacidade de ser consistente na prática de autodisciplina e determinação, e de ter a atitude certa. Não tem nada a ver com sorte.

Pense no que é importante para você. O que dá sentido à sua vida? Ocasionalmente, perdemos de vista nossos valores - as coisas que nos definem e nos movem - e com eles, nossa confiança no futuro. Se você não estiver alinhado com seus valores, é fácil deixar que crenças limitantes o controlem: não sou inteligente o suficiente, não tenho recursos, não estou em um ambiente criativo. Mas a realidade é que você é o fator X nesta fórmula. Se você mudar sua mentalidade, você muda a si mesmo.

Sorte é o que acontece quando a preparação encontra a oportunidade (Sêneca). A menos que você experimente a roupa, você nunca saberá se cabe. Faça o mesmo com as vocações, ocupações, hobbies e habilidades. Você precisará provar todos os sabores para saber o seu favorito. Como discutimos até agora, seu chamado não é um trabalho mágico específico, mas sim seus talentos, dons e capacidades únicas - as coisas dentro de você que você traz para um trabalho. Assim, diferentes empregos podem atingir sua vocação em diferentes graus.

O autoconhecimento que nos leva a descobrir o nosso propósito, fazendo uma analogia com a natureza, com um árvore, quem somos, é a semente da árvore. Na natureza uma semente de carvalho, será um carvalho, e não uma macieira. Então porque nós seres humanos, muitas vezes queremos ser o outro? Isso não funciona! Veja, quando você entende sua identidade e propósito, a vida faz sentido. Esta é a sua vocação pessoal, a ponte entre identidade e propósito. A vocação destrói a comparação (tentar ser outra pessoa) e a apatia (uma vida sem sentido).

Pergunte o que te faz ganhar vida. Começar por você mesmo soa egoísta? Nesse caso, você provavelmente está preocupado em servir ao mundo. Esse é certamente um objetivo que vale a pena, e muito importante. Mas você tem a abordagem certa? Não pergunte do que o mundo precisa. Pergunte o que o faz ganhar vida e vá em frente. O que o mundo precisa é de pessoas que ganham vida. O mundo precisa do seu talento.

Podemos nos mover em direção a esse retorno a nós mesmos, procurando pistas nas memórias da infância. Aqui está o truque: encontrar um propósito na vida é tão lindamente simples, e tão complexo quanto qualquer pessoa. Pare um momento e imagine que você está no fim de sua vida e tem a chance de dar alguns conselhos a seu eu atual. O que você diria? Muitas pessoas se pegam dizendo coisas como "gaste mais tempo nas coisas que realmente importam".

Muitos de nós vivemos no piloto automático. Temos nossa rotina e fazemos isso. Os lugares e as faces mudam, mas fazemos as mesmas coisas continuamente. Temos um fluxo confortável e automático de como vivemos nossas vidas.

Por isso, saia da zona de conforto. O autoconhecimento e o crescimento não são simples, mas certamente são recompensadores.

mais sobre:

josele delazeri


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190