eleições 2020

Luciano Guerra fala em 'limites' ao buscar coligações

Pré-candidato do PT concorrerá ao lado do PSD de Marion Mortari

18.386

O vereador do PT e pré-candidato à prefeitura, Luciano Guerra, disse à coluna que não se pode querer coligar a todo custo apenas com o objetivo de garantir espaço de TV. Segundo ele, a chapa montada ao lado do PSD, mostra-se sólida e vem trabalhando muito para garantir a ida para a disputa em segundo turno.

Leia mais colunas de Marcelo Martins

Guerra concorrerá ao pleito junto com o vereador Marion Mortari, que é vice na chapa. 

- Lá atrás eu tinha uma preocupação, não queria que fôssemos à eleição sozinhos. Não que seja um problema ir de chapa pura. Mas sempre acreditei que poderíamos ter um partido conosco. E com o PSD, com o Mortari, temos uma base sólida e estamos pavimentando um caminho que nos leve ao segundo turno - disse Guerra.

Guerra, ao contrário de outros pré-candidatos, não procura badalar a campanha e acenar com a chegada de mais partidos. Isso se dá com base em um entendimento que ele sustenta:

- Já vimos, em governos recentes, que grandes composições com vários partidos impactam ali na frente. Ou seja, quem é eleito, não consegue administrar. Nós fizemos uma opção: faremos gestão. Não vamos lotear a máquina em troca de apoio. O meu olhar, se eleito, será de gestor.

PROGRAMA
Guerra adianta que o programa de governo que está sendo construído - por meio de 13 grupos de trabalho (GTs) - é "extremamente factível". Por semana, segundo ele, são 20 encontros semanais. Dos encontros sairá o plano de governo. 



fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190