opinião

A justa cobrança de Marina por quem mais precisa

Mesmo com aceno da prefeitura para criação de projeto de renda básica, Legislativo segue inerte

A vereadora Marina Callegaro (PT) fez uma justa cobrança e, ao mesmo tempo, um apelo aos colegas de Legislativo para que aprovem um projeto de criação de renda básica emergencial para aquelas famílias que padecem em meio à pandemia em Santa Maria. A advogada encampou inicialmente praticamente sozinha, ainda em fevereiro, a iniciativa por meio de um projeto sugestão. A parlamentar, que está no primeiro mandato, sugeriu uma parceria entre o Executivo municipal e o próprio Legislativo.

Leia mais colunas de Marcelo Martins

O que parecia ser improvável, e motivo de dúvida dos próprios colegas, avançou. A petista mostrou que há, sim, condições financeiras para implementar tal ferramenta na prática. Uma vez que a Câmara de Vereadores, em 2021, não utilizou cerca de R$ 5 milhões do orçamento. Ela sugere ainda que somado a isso estão os R$ 340 mil de renúncia de 17 vereadores, por meio das cotas parlamentares, que elevaria o valor a ser utilizado para R$ 5,3 milhões. Assim, seria possível um repasse de R$ 200 por três meses.

A iniciativa de Marina, que tem o respaldo e o aval do prefeito Jorge Pozzobom (PSDB), poderia beneficiar 9 mil famílias cadastradas no CadÚnico. Essas famílias, juntas, chegariam a 30 mil pessoas.

- O prefeito já sinalizou que tem a intenção de implementar a renda básica emergencial, mas essa Casa precisa se posicionar e dizer quais valores podemos disponibilizar, o que já aconteceu. Não é a primeira vez que somos cobrados. Temos pessoas, famílias passando fome e frio. Vamos dar essa resposta, e viabilizar o pagamento da renda emergencial já nos primeiros meses deste semestre.

Para este ano, o orçamento do Legislativo é de R$ 27 milhões. Deste valor, mais de R$ 5 milhões seriam voltados à criação do programa de renda.

ALIÁS...
Está mais que na hora de o Legislativo dar a celeridade que a vereadora Marina justa e corretamente cobra dos colegas. Importante a fala do presidente do Legislativo, João Ricardo Vargas (Progressistas), que afirmou que buscará com o Executivo agilizar o começo do pagamento do benefício a quem tanto precisa.


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190