marcelo martins

A ilha da magia, em apenas dois dias, virou a ilha do terror

Colunista fala sobre o caso de estupro de influencer

18.386

Em um intervalo de dois dias, a estimada e querida Santa Catarina de todos os brasileiros e, em especial, dos gaúchos, dominou a cena do noticiário nacional. Chamada carinhosamente de "ilha da magia", o Estado vizinho foi elevado à condição de "ilha do terror".  

Leia mais colunas de Marcelo Martins

Primeiro foi o caso de uma equipe de TV que foi agredida quando fazia uma matéria sobre fiscalizações nas praias, em tempo de pandemia, durante o feriado de Finados. Depois, veio o caso ainda mais chocante e estarrecedor, envolvendo a influencer Mariana Ferrer. A acusação era de estupro de vulnerável. A vítima tinha, à época do fato em 2018, 21 anos, e estava dopada para consentir com a relação sexual que foi praticada contra si pelo empresário André de Camargo Aranha, conforme noticiado amplamente no noticiário nacional.

Porém, agora em novembro, o empresário foi absolvido, e o caso foi classificado como "estupro culposo". Ou seja, "quando não há intenção de estuprar". O ineditismo é a criação de um crime que sequer existe.

A cumplicidade do Judiciário com o homem branco, hétero e empresário ficaram gritantes. Prevaleceu a lógica de que a vítima é invariavelmente culpada. E, se algo lhe aconteceu, é porque ela "fez por onde" ou, ainda, "estava provocando".

Além de toda exposição e execração da vítima, quem teve acesso às cenas da audiência pode verificar o escracho e o linchamento ao qual foi exposta a vítima. No vídeo, que viralizou nas redes sociais, o advogado do empresário, Cláudio Gastão da Rosa Filho, humilha a influencer e dispara:

- Não adianta vir com esse teu choro simulado e falso, e essa lágrima de crocodilo.  

Em meio ao estarrecimento e a um incontido choro, ela pede ao juiz Rudson Marcos, que se mostrou totalmente conivente na audiência, respeito: 

- Eu gostaria de respeito. Eu estou implorando por respeito no mínimo. Nem os acusados nem os assassinos são tratados da forma que eu estou sendo tratada, pelo amor de Deus.

A defesa de Mariana já recorreu da absurda e vergonhosa decisão. 

TRISTE RESUMO 
O ministro do STF Gilmar Mendes, tantas vezes criticado por suas posturas, algumas polêmicas, foi de uma propriedade e de uma precisão incríveis ao resumir o que aconteceu. Escreveu ele no Twitter:

- As cenas da audiência de Mariana Ferrer são estarrecedoras. O sistema de Justiça deve ser instrumento de acolhimento, jamais de tortura e humilhação. Os órgãos de correição devem apurar a responsabilidade dos agentes envolvidos, inclusive daqueles que se omitiram.  


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190