cultura

Em quatro contos, 'O Auto da Boa Mentira' relembra as boas histórias de Ariano Suassuna

Colunista Lucio Pozzobon fala sobre longa que retrata obra do poeta falecido em 2014

Foto: Helena Barreto (Assessoria Primeiro Plano)

Até que ponto você está acostumado a mentir? Ou melhor, você consegue mentir com frequência? Na produção da nacional, 'O Auto da Boa Mentira', que chega aos cinemas (que estiverem em funcionamento) em 29 de abril, somos apresentados a quatro histórias do poeta paraibano, radicado no Recife, Ariano Suassuna.

Com direção de José Eduardo Belmonte ('Carcereiros: O Filme', 'Entre Idas e Vindas') e roteiro de João Falcão, Tatiana Maciel e Célio Porto, o filme é dividido em quatro contos, com personagens e histórias totalmente independentes. Eles são 'Fama', 'Vidente', 'Furão' e 'Disney', todos com mentira na temática principal.

Em 'Fama' somos apresentados a um subgerente de RH, Helder (Leandro Hassum), que começa a ser confundido com um famoso humorista. Ele vê que a atenção que está recebendo pode ser uma oportunidade para se beneficiar entre um público de um evento de negócios. Mas isso muda até ele conhecer Caetana (Nanda Costa), e descobrir que pode estar ameaçado pelo passado do humorista que finge ser.

Já em 'Vidente', Fabiano (Renato Góes) é muito curioso com sua história familiar, principalmente quando envolve seu falecido pai. Sua mãe (Cássia Kis), guarda muitos mistérios e ele relembra de situações do passado, principalmente envolvendo o famoso palhaço Romeu, de um circo popular que passa por sua cidade.

'Furão' apresenta a história de Pierce (Chris Mason), um britânico que é guia turístico no Rio de Janeiro. Uma de suas características é mentir em muitas situações, até que percebe que sua ela pode atrapalhar a relação com Zeca (Sérjão Loroza), dono de um popular bar entre estrangeiros.

Para finalizar, conferimos em 'Disney' a vida de Lorena (Cacá Ottoni), uma estagiária que quer crescer em seu espaço de trabalho, fazer amizades com seus colegas já contratados e se aproximar de Felipe (Johnny Massaro), um dos chefes de criação da agência. Mas ela se vê perdida em uma festa de final de ano e uma pequena mentira que conta transforma a relação de inúmeros funcionários da agência, incluindo Norberto (Luis Miranda), o chefe.

Foto: Helena Barreto (Assessoria Primeiro Plano)

'O Auto da Boa Mentira' escolhe um formato diferente para apresentar os contos e garanto que isso pode ser um ponto positivo. As inserções das falar originais de Ariano Suassuna são complementos importantes para narrar o início de cada história.

Ainda assim, pode parecer estranho para muitos, pois parece uma série, mas sem as pausas entre cada capítulo. Considerando as inúmeras entrevistas de acervo de eventos e programas de TV de Suassuna (não só do acervo da TV Globo), certamente o filme pode ser ampliado para outros formatos futuramente. Afinal, a cada pequena mentira, uma grande história pode ser contada.

E você, já foi para a Disney?


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190