gastronomia

3 diferentes formas de preparo para costela bovina

Colunista Neto Leal ensina três formas de assar o corte que é o grande símbolo do churrasco gaúcho

Fotos: arquivo pessoal

Olá, amigos do Diário! Hoje trago para vocês uma coluna diferente devido a quarentena, mas logo voltaremos com os vídeos com receitas.

Preparei algumas dicas e orientações para fazer a costela bovina. Este corte que é o grande símbolo do churrasco gaúcho, pode ser feito de forma caseira e prática, tanto na churrasqueira como no fogo de chão 

  • Importante: como em qualquer preparo de carne para churrasco a peça deve ser limpa e sem excesso de gordura. 

COSTELA NO ESPETO
A costela deve ser cortada com "três dedos" aproximadamente de largura. Colocar no espeto de forma reta. O tempero deve ser feito antes de levar ao fogo com sal médio ou grosso. O braseiro tem que ser forte a uma altura de 30 a 40 cm de altura, selar todos os lados e depois subir para a parte mais alta da churrasqueira. Deixar assar com o osso para baixo lentamente durante uns 50 minutos.


Veja mais dicas de churrasco com Neto Leal

ASSADO DE TIRA
Deve ser feita em uma grelha ou parrilla por ser um corte mais estreito, podendo ser feito da costela janela ou da costelinha do dianteiro. O braseiro deve ser forte a uma distância de aproximadamente 15 cm do fogo, assando aproximadamente 5 minutos em cada lado. Este corte tem modo de preparo rápido e deve ser temperado preferencialmente depois de pronto.

  • Dica: salgar com sal de parrilla ou sal fino, deixando descansar por aproximadamente dois minutos antes de cortar para não perder a suculência. 


COSTELA NO FOGO DE CHÃO
Este é o meu preferido tanto pelo processo como pelo sabor. A costela ideal para este assado é de cerca de 7kg. A carne pode ser colocada em espeto tipo cruz ou de ferro com pernas compridas e também no famoso espeto de pau. O fogo deve ser iniciado com uma pequena quantidade de carvão e em seguida colocar lenha em cima e em volta para termos um gosto de defumado no assado. Cravar o espeto no chão com o osso voltado para o braseiro uma distância de 60 cm. O tempo de preparo dura cerca de 6 horas. Dica: Colocar a carne sempre no lado em que o vento estiver empurrando a caloria. Temperar com salmoura campeira (sal, alho e cascas de cebola, alecrim e vinagre e um pouco de água) que deve ficar próximo ao fogo para ir misturando os sabores durante o processo de assado. Para espalhar a salmoura usar ramos de alecrim.

Acompanhe Neto Leal, açougueiro e churrasqueiro profissional, no Facebook e Instagram.


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190