saúde

Mens Sana in Corpore Sano

Colunista Michel Silva compartilha uma palavra de apoio para manter mente e corpo saudáveis durante a pandemia


Uma doença nova. Diferente de tudo. De origem incerta. Altamente contagiosa. Um desafio à ciência. Implacável. Seu diagnóstico soa como uma condenação. Comoção mundial. Medo. Mobilização coletiva pelos menos favorecidos. Incerteza. Nem mesmo alguns famosos escaparam. O tratamento é debilitante, invasivo, dispendioso e de eficiência incerta. Pesquisas mundiais buscam aplacar o flagelo. O tempo voa. Medidas dividem opiniões. Apontam-se culpados. Mas precisamos de soluções. Rápido. Pensar muito sobre castiga a mente. Ignorar o fato não o livrará dele.

Mas não, não estamos em 2020. O ano é 1987 e o mundo treme ao simples soar da sigla AIDS.

Incrível como tudo soa tão familiar, não é mesmo? Epidemias se comportam assim, de forma muito semelhante em diversos aspectos.

Hoje, muito mais do que um guia prático sobre qualquer coisa, trago-lhes uma palavra de apoio. Porque o tempo é de incertezas sim. E tudo bem, ninguém tem mais muitas respostas sobre nada (nem eu tenho tal pretensão). Mas como alguém que já viveu um bocado, posso traçar paralelos com o passado, como o parágrafo inicial desse texto, e apontar que a história é assustadoramente cíclica. E desse flashback podemos apenas afirmar que: vai passar.

Vai ceifar ainda mais vidas, mas vai passar. Vai inflar mais discussões, mas vai passar. Vai continuar causando medo, mas vai passar. O vírus em si talvez nunca vá embora totalmente das nossas vidas, é verdade. Mas a ciência vai aprender a lidar com ele, e o tratamento vai ser aprimorado. O impacto na sociedade é irreversível, mas esse momento vai passar. Suportem mais um pouco, cuidem-se e cuidem dos seus. Cuidados demais não vão te matar. Mas de menos podem fazer isso sim.

Já tratamos bastante da sua saúde física nas edições anteriores. Mas agora, principalmente, não esqueça da sua saúde mental. Pois é normal sentir medo. E é muito saudável admitir esse medo. Só assim podemos lidar com ele, seja nas palavras de conforto de um amigo, nas orientações de um profissional ou mesmo na descoberta de uma nova atividade de interesse. Nesse sentido, há um vasto campo de atividades voltadas à um trabalho integrado de corpo e mente, enraizados na sabedoria oriental.

Aulas presenciais (guardando devida distância), tutoriais online e aplicativos existem aos montes. Permita-se experimentar, testar e aprovar ou não. Pode ser um ótimo complemento ao seu treino convencional, para os dias de repouso. O conceito de complementaridade dos opostos nunca fez tanto sentido.

Bons treinos e muito equilíbrio a todos.

Até o mês que vem.


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190