saúde

Férias chegando? O que comer?

Colunista Tereza Cristina Blasi dá 10 dicas sobre alimentação saudável nas férias


Férias sempre bem-vindas, não importa para onde vá a boa alimentação sempre sairá de "malas dadas" com você! 

Muitas vezes escuto na minha prática clinica: "chutei o balde"... "comi tudo que não podia", "estava em tão boa a companhia que nem lembro o que comi, afinal estava de férias".

Fotos: Pixabay

Caros leitores, as férias são muito importantes, é um direito adquirido para que possamos descansar, renovar nossas energias, valorizar cada minuto de lazer, conviver em família de forma mais intensa, olhar tudo de forma diferente e conviver com todos. 

Novos amigos, novas relações, possíveis novas amizades em alguns lugares que passamos, ou mesmo estreitar laços familiares em momentos de prazer da convivência, nos acompanham para onde estivermos, e estas férias geralmente são regadas com boas comidas, muitas vezes nem sempre adequadas em quem pensa em saúde em sua totalidade. 

A alimentação adequada sempre faz festa à saúde, independente de férias ou qualquer momento de lazer, ou até mesmo uma pequena folga no trabalho, e fazer, portanto se faz necessárias adaptações para manter o principio básico de viver com qualidade de vida. 

O importante é estar atento quanto as quantidades, qualidade e proporções adequadas ao momento, sem nunca, ou jamais pensar que existe alguma "proibição " quanto aos princípios básicos da alimentação fora da rotina além das férias. 

Sugestões para suas férias sem excessos injustificáveis quanto a sair de um plano alimentar adequado: 

  1. Experimente pratos diferentes independente para onde viaje; 
  2. Procure restaurantes que já possuam boas indicações, (leia as opiniões sobre o local e alimentação); 
  3. Independente para onde for, procure visitar feiras livres, elas te darão a história alimentar de um povo; 
  4. Pergunte a populares onde comem, onde há alimentação regional de boa qualidade; 
  5. Verificar com antecedência a tradição alimentar regional, sua cultura e onde tudo é produzido; 
  6. Coma de tudo, mas não coma tudo, parcimônia com sabedoria fazem parte da inteligência humana quando se trata de sobrevivência e saúde; 
  7. Conhecimento do valor nutricional, e consumo conforme necessidades são muito importantes; 
  8. Onde estiver, a hidratação é essencial: 30 ml/kg/dia; 
  9. Frutas, verduras e legumes são essenciais, independente de férias e, ou retorno a vida no trabalho. 
  10. O deleite imaginário dos sabores e pequenas porções serão melhores quando memorizarmos esses momentos gastronômicos com sabedoria até as próximas férias. 

Observações importantes: cuidar da higienização dos alimentos quando preparados em casa, e ou restaurantes, sempre verificar ação da vigilância sanitária nos estabelecimentos a serem frequentados. 


Independente de férias, e ou pausa de trabalhos, a alimentação e hidratação continuam as mesmas, seremos os mesmos nos próximos doze meses. 

Coma bem, de acordo com os alimentos da estação do ano, das férias ou de seu estado de espírito! 

"Serei o que comerei, minha saúde é dependente, da minha vontade, e esse alimentos pode ser fonte de saúde e, ou de..." A escolha é sua! 

Boas férias, um ano repleto de bons hábitos alimentares e saúde!


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190