contatos Assine
reconstrução

Passagem de pedestres pela ponte de Jaguari deve ser liberada até quinta

15 Maio 2018 10:30:00

Veículos deverão ser liberados só no dia 25

Marcos Fonseca


Foto: Miguel Monte (Divulgação)
Travessia conta com 150 lâmpadas de led para iluminação noturna e sinaleiras para controlar o tráfego

A partir de desta quinta-feira, os moradores do Bairro Rivera deverão voltar a cruzar a pé pela Ponte Júlio de Castilhos, em Jaguari. A informação é do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer). A liberação do trânsito de veículos, contudo, só deverá ocorrer no dia 25.

A previsão anterior era permitir a passagem dos pedestres ainda na terça. Porém, devido a uma série de ajustes na obra, a data precisou ser adiada. A abertura deve ser definida após a última vistoria do Daer.

São Gabriel é premiada por iniciativa entre poder público e privado na segurança

Segundo o engenheiro do Daer Gilberto Ganzer, fiscal da obra, os operários da empresa Ecopontes trabalham na construção de calhas metálicas na lateral da ponte que servirão de apoio para uma tubulação de água. O pedido para passar a adutora sobre a estrutura foi feito pela Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan). Como é preciso soldar a calha e pintá-la, não é seguro liberar a passagem dos pedestres pelas duas novas passarelas construídas na ponte antes do final dos serviços. 

- Queremos na quarta à tarde, ou até quinta-feira, liberar para os pedestres - assegura Ganzer.  

O engenheiro garante que a parte estrutural da ponte já está concluída, restando apenas esses pequenos detalhes. A iluminação e as sinaleiras já foram testadas. A travessia liga o Bairro Rivera à zona central de Jaguari.

Exploração sexual é tema de debates ao longo desta semana em Cruz Alta

PESO MÁXIMO
Com 250 metros de extensão e cinco colunas de sustentação, a centenária ponte sobre o Rio Jaguari foi quase toda refeita. As laterais de ferro e a base de concreto são novos. Conforme o fiscal da obra, a travessia foi planejada para ter uma vida útil de 50 anos. Isso, claro, se forem respeitados os limites de peso.  

Nesse sentido, Ganzer anuncia que será permitida a passagem de veículos de até 24 toneladas. É o peso de um caminhão de médio porte carregado. Carretas e bitrens, que superam 30 toneladas, não poderão mais passar pelo local. Em maio de 2015, foi o peso de um bitrem carregado que provocou o colapso da ponte. Um vão de 35 metros caiu e levou um carro junto. O motorista conseguiu se salvar depois de sair do carro submerso.

INAUGURAÇÃO 
A passagem dos veículos só deverá ocorrer no dia 25 porque a última etapa da concretagem foi concluída em 4 de maio, e é necessário aguardar três semanas para o material secar. Dessa maneira, o engenheiro Gilberto Ganzer informa que foi cancelado o ato de inauguração marcado para esta sexta-feira, com a presença do governador José Ivo Sartori (MDB). A solenidade com a presença de Sartori, no entanto, está prevista para ocorrer no dia 25. 

fale com a redação

quem somos
leitor@diariosm.com.br
(55) 3213-7110
(55) 99136-2472
(WhatsApp)

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3220-1717
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3220-1818
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)

para anunciar
(55) 3219-4243
(55) 3219-4249