contatos Assine
Vila da cultura

Projeto da prefeitura pretende criar polo histórico, cultural e turístico em Santa Maria

14 Dezembro 2015 00:00:00

"

Não será da noite para o dia. Mas se o desejo do prefeito Cezar Schirmer se concretizar, em breve, a realidade de Santa Maria começará a passar por uma significativa transformação. Está na Câmara de Vereadores um projeto de lei do Executivo, que pretende tornar a Vila Belga, a Gare da Viação Férrea e parte da Avenida Rio Branco em um novo polo histórico, cultural, turístico, gastronômico e de lazer.

Leia mais notícias de Cultura e Lazer

Batizado de polo da Vila Belga – Centro Histórico, o plano foi inspirado em espaços boêmios como a Lapa, no Rio de Janeiro, o Pelourinho, em Salvador, e a Cidade Baixa, em Porto Alegre. De acordo com o texto do projeto de lei complementar encaminhado à Câmara, a iniciativa tem a finalidade de preservação histórica e cultural, valorização de bens patrimoniais e arquitetônicos e de animação turística, de convívio social, de entretenimento e de lazer, além do desenvolvimento econômico e consequente geração de emprego e renda na cidade.

Como incentivo, os estabelecimentos comerciais e de serviços localizados na Vila Belga – Centro Histórico e sediados em edificações construídas até 1960 poderão receber isenções de tributos municipais (leia abaixo). Schirmer afirma que a Avenida Rio Branco é o maior conjunto contínuo de Art Decó das américas, perdendo somente para Ocean Drive, em Miami, nos Estados Unidos. A Vila Belga tem toda uma carga histórica, arquitetônica e cultural, bem como a gare. Ou seja, são espaços que correspondem a outras cidades do Brasil, que também tem políticas de apoio semelhantes às do projeto.

– Ao mesmo tempo em que você preserva, cria um espaço que, além de bonito, é econômico e de lazer relevante. E Santa Maria, que é uma cidade jovem, vai ter um espaço de convivência também para a juventude. Se esse projeto for aprovado e os empreendedores compreenderem o seu significado, vamos fazer uma revolução urbana, cultural e econômica nessa região – avalia o prefeito.

Schirmer adianta que, se a iniciativa der o resultado esperado, ela poderá ser estendida a outros prédios e casas de significado arquitetônico e cultural relevantes da cidade.

Reunião para tratar do tema

Conforme Myrna Floresta, presidente eleita da Associação dos Moradores Ferroviários da Vila Belga, ainda nessa semana, ela pretende se reunir com a secretária municipal de Turismo, Norma Martini Moesch, para se informar sobre o Vila Belga - Centro Histórico.

– Ainda não tenho uma posição a respeito disso, pois prefiro esperar esse contato oficial para saber direitinho como vai funcionar o projeto e quais são as ideias deles. Até para que, a partir do momento em que eu assumir a associação, já possa passar, na primeira reunião, essas informações aos moradores – diz Myrna.

Antes de sair do plano das ideias, o projeto deve ser analisado em comissão e votado em duas sessões da Câmara para ser aprovado pelos vereadores. Após, retorna para sanção do prefeito.

Segmentos contemplados

Agência de turismo receptivo, albergue da juventude, antiquário, atelier de artes, bistrôs, cafeteria, loja de vinho ou cachaça, choperia, cineclube, confeitaria, conservatório de música, coworking; escolas: de artes plásticas e artes cênicas, de cinema e teatro, de circo, de dança, de gastronomia, de música e canto; floricultura, galeria de arte e exposições, teatro, livraria, loja de artesanato com identidade local, museu e espaço da memória, nano e microcervejaria, hostel, pousada, restaurante temático, sorveteria, serviço de atendimento ao turista, sebo ou startup

Isenções disponibilizadas

Os estabelecimentos comerciais e de serviços localizados no polo da Vila Belga – Centro Histórico poderão receber isenções de tributos munici"

mais sobre:

fale com a redação

quem somos
leitor@diariosm.com.br
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3220-1717
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3220-1818
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas mensagem de texto)

para anunciar
(55) 3219-4243
(55) 3219-4249