contatos Assine
surto de toxoplasmose

Sobe para 218 o número de casos confirmados de toxoplasmose em Santa Maria

08 Maio 2018 19:16:00

De acordo com boletim divulgado nesta terça, outros 319 casos suspeitos seguem em investigação

Carmen Staggemeier Xavier e Thays Ceretta

O Centro Estadual de Vigilância em Saúde do Rio Grande do Sul (CEVS) divulgou, nesta terça-feira, um novo boletim com os dados atualizados sobre a toxoplasmose em Santa Maria. Conforme o levantamento, já são 218 casos confirmados na cidade - até a última sexta-feira, eram 176 comprovações. Os números reforçam que esse é o maior surto da doença do Rio Grande do Sul. E o total de casos deve aumentar, já que 319 casos suspeitos seguem em investigação e análise pelo Laboratório Central de Saúde Pública do Rio Grande do Sul (Lacen/RS). Desse número, 103 são de gestantes, o que preocupa as autoridades da área de saúde.

: : Leia todas as notícias sobre o surto de toxoplasmose em Santa Maria : : 

Também seguem em análise os exames que podem, ou não, indicar se a morte de dois fetos - um de 28 semanas gestacionais e outro com 36 semanas - ocorreram por causa da toxoplasmose (mães tiveram sorologia positiva confirmada por exames). Além dos dois óbitos fetais, o aborto em uma grávida de 15 semanas gestacionais está sendo investigado. Por conta disso, a preocupação maior dos profissionais em saúde segue sendo com as gestantes (85 casos suspeitos aguardam resultado dos exames do Lacen) e crianças pequenas.

Segundo o prefeito, Jorge Pozzobom, a situação continua a mesma, não há motivo para pânico.
- Do que está sendo investigado, 70% está caindo fora, tudo está seguindo no mesmo ritmo. Nós entendemos que não há nenhuma anormalidade para gerar pânico, evidentemente que a investigação continua. Não podemos deixar de seguir com a prevenção - disse o prefeito. 

Aplicativo ajuda a analisar o surto de toxoplasmose em Santa Maria

Como ainda não há definições sobre a causa da contaminação, os médicos destacam que é preciso manter as medidas de prevenção, como o uso somente de água fervida ou mineral, cozimento adequado dos alimentos, especialmente da carne, e o cuidado com a lavagem dos hortifrútis, além de acompanhamento médico constante. Caso alguma perceba os sintomas característicos da doença (confira no quadro ao lado), é preciso procurar, imediatamente, uma unidade básica de saúde.

O que diz o boletim
Confira os dados divulgados nesta terça-feira: 

  • Até terça, 792 casos foram notificados pelos médicos da rede pública e da área privada à Superintendência de Vigilância em Saúde 
  • 617 casos são suspeitos
  • Até agora, 218 casos foram confirmados com a toxoplasmose pelo Lacen/RS
  • 20 desses casos são gestantes
  • 70 casos deram resultado negativo
  • 319 casos estão em investigação, sendo 103 de gestantes
  • A causa da morte de dois fetos (de 28 e 36 semanas) segue em investigação. As mães tiveram sorologia positiva para a doença. Além disso, um caso de aborto de uma gestante que estava com 15 semanas também é analisado pelo Lacen

Fonte: Centro Estadual de Vigilância em Saúde do Rio Grande do Sul 

fale com a redação

quem somos
leitor@diariosm.com.br
(55) 3213-7110
(55) 99136-2472
(WhatsApp)

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3220-1717
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3220-1818
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)

para anunciar
(55) 3219-4243
(55) 3219-4249