contatos Assine
serviço público

Prefeitura de Santa Maria vai extinguir 64 cargos

16 Abril 2018 09:30:00

Veja quais são as ocupações que deixarão de existir

José Mauro Batista

Foto: Lucas Amorelli (Diário)

Há 18 anos, Cristiano Escobar Lopes, 41 anos, realiza serviços de marceneiro, carpinteiro, eletricista, encanador e uma série de outras atividades equivalentes na Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos (antiga pasta de Obras). Mas apesar da importância para a manutenção de obras e prédios públicos, como escolas e postos de saúde, o cargo de agente de obras I, uma espécie de "faz tudo", está com os dias contados. Há 64 cargos em extinção no quadro funcional da prefeitura, e 13 são de agentes de obras. 

- Também faço cavaletes, conserto de móveis, reforma de divisórias, parte hidráulica e para a fábrica de tubos. Aprendi alguma coisa no Exército, mas é aqui (nas oficinas da pasta de Infraestrutura) que a gente aprende - conta Escobar, que, assim como seus colegas, não será substituído quando se aposentar ou deixar a prefeitura.

10 concursos no Estado com inscrições abertas

Há explicações variadas para a extinção de cargos. No caso dos agentes de obras, uma lei de 1990 criou dois padrões - I e II - que executam praticamente as mesmas funções, mas recebem salário diferente. Para corrigir a distorção, a prefeitura criou o cargo de agente de obras sem distinções de padrão.

- Como ainda tem pessoas nos cargos, eles continuam existindo até a aposentadoria dos servidores. Há situações em que os cargos estão em extinção e há casos em que há extinção apenas de vagas, mas os cargos não estão em extinção - explica a secretária adjunta de Gestão e Modernização Administrativa, Carolina Lisowski.

Uma das funções que desapareceram é a de calceteiro, hoje terceirizada.

- Já chegamos a ter 40 calceteiros - lembra o vice-prefeito, Sérgio Cechin (PP), que já atuou em outras administrações.

As terceirizações, cada vez mais uma tendência, começaram nos anos 90, quando a prefeitura privatizou a coleta de lixo. Aos poucos, os lixeiros deixaram de ser servidores públicos. Confira os cargos que deixarão de existir na prefeitura de Santa Maria:

Cargo em extinção O que faz Número de servidores atuais 
Agente administrativo IExecuta trabalhos administrativos e datilográficos, atualiza fichários, cadastros e arquivos, tira xerox14 

Agente administrativo II

Executa tarefas burocráticas, como conferência, armazenagem e conservação de materiais, trabalhos datilográficos, levantamento de patrimônio e a confecção de cartazes e avisos sobre prevenção de acidentes, entre outras atividades4
Agente de fiscalização IAuxilia na fiscalização do transporte coletivo e comércio ambulante, entre outros
Agente de fiscalização IIAtua na orientação, inspeção e na fiscalização do transporte público municipal, obras, arrecadação de impostos e no cumprimento das leis municipais2
Agente de manutenção ICoordena, orienta e executa tarefas de manutenção mecânica, eletricidade, forjaria, chapeação, pintura, estofaria, instalação de tubulações e classificação de materiais3
Agente de obras IAtua na área de construção e manutenção de obras, vias e prédios públicos, executando serviços de marcenaria, carpintaria, e de instalação elétrica e hidráulica, entre outros13
Agente técnicoExecuta desenhos técnicos e gráficos, tabula dados e elabora tabelas e gráficos2
Auxiliar de processamentoExerce função na área burocrática, como o controle da entrada e saída de documentos e relatórios2
Auxiliar de serviços gerais IIExecuta tarefas de coleta e de entrega de correspondências, documentos e encomendas, de preparo e distribuição de merendas e de recepcionista 6
Auxiliar de serviços técnicosAuxilia em trabalhos de levantamento topográfico, desenho, tabulação e conferência de dados, além de executar trabalhos técnicos na área de trânsito e transportes urbanos7
Técnico IAuxilia na elaboração de estudos, testes, programas e projetos7
Técnico IIAssessora órgãos da prefeitura, elaborando estudos e projetos e orientando técnicos e auxiliares na identificação e solução de problemas1

DIAS CONTADOS
No ano passado, a Câmara de Vereadores aprovou projeto de lei do Executivo extinguindo 382 cargos. Os mais atingidos foram o de auxiliar de serviços gerais de escola, com 200 vagas extintas, e o de merendeira, com 83.

No caso das merendeiras, a secretária adjunta de Gestão e Modernização Administrativa, Carolina Lisowski, reitera que houve apenas uma redução.

Custo de vida acumula alta de 0,49% no ano na cidade

- Além de haver servidores investidos neles, ainda há cargo vago. Houve apenas uma diminuição no número de cargos vagos - esclarece ela.

No caso da redução de 382 vagas, a prefeitura justificou com a criação de outros 135 cargos, 125 na área de saúde. Psicólogos e assistentes sociais foram chamados recentemente para suprir necessidades consideradas mais urgentes. O futuro de alguns cargos no serviço público municipal, no entanto, é mesmo a extinção. É o caso do técnico gessista, criado em 2004 com duas vagas.

- Os dois cargos foram extintos e, não havendo ninguém nomeado, não existe mais nos quadros da prefeitura - esclarece a secretária adjunta.

A tendência crescente é terceirizar tudo o que não for considerado atividade fim da prefeitura, o que poderá valer para merendeiras em curto e médio prazos.

- É preciso avaliar se é mais barato ter uma merendeira ou terceirizar - pondera Carolina.

- Há funções que estão se extinguindo e outras que exigem adequação. E há cargos para os quais não se encontra gente - diz o chefe da Casa Civil, Guilherme Cortez.

VAGAS EXTINTAS, CARGOS NÃO 
No ano passado, a prefeitura extinguiu 318 vagas, mas cargos continuam existindo. Veja:

Número de vagas encerradasCargoO que faz
200Auxiliar de serviços gerais de escolaRealiza serviços como limpeza nas dependências de escolas da rede municipal, entre outras tarefas
83Merendeira de escolaTrabalha na produção da merenda na rede pública municipal de ensino
26Agente em assistênciaAuxilia no serviço de enfermagem e atendimento de pacientes, ministra remédios, aplica injeções e vacinas 
4Técnico em higiene dentalAtua na coordenação e monitoramento de programas educativos de saúde bucal e auxilia dentistas
2MédicoAtua como clínico geral em ambulatórios, escolas, hospitais e órgãos afins e na inspeção de saúde de servidores municipais
2Técnico gessistaRealiza atividades como colocação e remoção de gesso em pacientes, entre outras atividades relacionadas à saúde de pacientes de traumas
1Técnico em nutrição e dietéticaAuxilia os nutricionistas da prefeitura, coordenando e acompanhando a execução do planejamento elaborado


fale com a redação

quem somos
leitor@diariosm.com.br
(55) 3213-7110
(55) 99136-2472
(WhatsApp)

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3220-1717
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3220-1818
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas mensagem de texto)

para anunciar
(55) 3219-4243
(55) 3219-4249