contatos Assine
Opinião

Prefeito Pozzobom faz mais uma mudança no governo com reflexo na Câmara

06 Abril 2018 14:00:00

Colunista Jaqueline Silveira comenta saída de João Chaves da Secretaria de Desenvolvimento Social

Foto: Divulgação
Secretário João Chaves (à esq.) conversou o prefeito Pozzobom sobre a saída do governo para se tornar líder do governo no Legislativo

Talvez o governo nem confirme nesta sexta-feira, a exemplo do que ocorreu com as mudanças no secretariado, mas Jorge Pozzobom (PSDB) já bateu o martelo sobre o novo líder do governo para o lugar de João Ricardo Vargas (PSDB), coronel Vargas, que assume a pasta de Mobilidade Urbana. E não escolheu entre os vereadores que estão na Câmara. Também não é André Domingues (PSDB), Deco, que vai para o Legislativo para a cadeira de Vargas. O governo pensou, avaliou e resolveu tirar o pastor João Chaves (PSDB) da Secretaria de Desenvolvimento Social para colocá-lo na linha de frente na defesa do governo no Legislativo.

A definição teria ocorrido ontem numa conversa entre ele e Pozzobom (foto). Para a pasta, vai a pastora Lorena dos Santos (na foto menor), que hoje está no Legislativo. Com isso, o PSDB muda em dois nomes na sua bancada, composto ainda por Admar Pozzobom e Juliano Soares, Juba, que chegou a ser cogitado para assumir a liderança. Como o governo tucano foi muito mal na articulação no ano passado, perdendo a maioria na Câmara e a presidência da Casa, além de enfrentar uma CPI, criada neste ano, não quis arriscar e colocar um novato no cargo. Exceto Admar, que é irmão do prefeito, e Manoel Badke (DEM), Maneco, que foi líder em 2017, e João Kaus (MDB), que é suplente, os outros integrantes estão na primeira legislatura.

Governo Pozzobom troca secretários e mexe também na Câmara 

Talvez não tivessem estofo para um cenário de dificuldades na Casa. Chaves foi vereador na legislatura passada e foi reeleito para atual, tem bom trânsito com vereadores, inclusive da oposição. Ah, e também tem jogo de cintura, já foi elogiado na tribuna da Casa pela atenção que dava aos parlamentares quando era secretário. Mas a escolha surpreendeu porque, até bem pouco tempo, o governo não pretendia mexer na Secretaria de Desenvolvimento Social. Além do mais: confirmou mudanças no secretariado na terça-feira sem mencionar essa pasta. Mas a relação complicada na Câmara e as circunstâncias fizeram Pozzobom e assessores próximos a mudarem de ideia. 

fale com a redação

quem somos
leitor@diariosm.com.br
(55) 3213-7110
(55) 99136-2472
(WhatsApp)

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3220-1717
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3220-1818
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas mensagem de texto)

para anunciar
(55) 3219-4243
(55) 3219-4249