contatos Assine
obituário

Morreu tratorista Demétrio Ramos

30 Abril 2018 12:00:00

Apegado ao neto, ele adorava a vida no campo e contar histórias. Confira outros falecimentos em Santa Maria

Fotos: Arquivo Pessoa


O tratorista Demétrio Ramos, 58 anos, nasceu em Rosário do Sul, mas sua vida foi alicerçada em duas outras cidades: São Gabriel e Santa Maria. Na última, ele viveu por mais de 24 anos. Mas foi no interior de São Gabriel, na localidade de Batovi, que ele conheceu Rosane Therezinha Souto, 56 anos. À época, ele era domador de cavalos. Ela lavava roupas para fora. Dessa prestação de serviços, nasceu um amor que fez deles companheiros de vida por 35 anos. 

Após um ano de casamento, Rosane e Ramos tiveram o único filho, Roberto de Souto Ramos, 34 anos. Já em Santa Maria, a família completara-se com a nora, Rita, e o pequeno José, 3 anos, neto do casal. Mecânico, Roberto conta que o pai sempre trabalhou "para fora", referindo-se a atividades na área rural. Como capataz de fazendas, domador ou tratorista, ele se realizava, já que adorava estar em meio à natureza.

Descrito pelo filho como um homem sério e compenetrado, Ramos virava menino na presença do neto. Ele ensinava o menino a andar a cavalo e dos dois brincavam juntos de carrinho.

Torcedor do Internacional, Ramos ficava furioso quando o time perdia. A paixão pelo futebol era um dos sentimentos que mais unia pai e filho.

- Ele gostava tanto de estar com a gente! Era companheiro da família para tudo. Adorava conversar e não perdia a chance de nos contar suas histórias - lembra Roberto.

A técnica de enfermagem Rita Liziane de Oliveira Galvão, 29 anos, comenta que a chegada de José foi um presente para Ramos, que lutava contra um câncer no intestino, doença que o fez parar de trabalhar há mais de um ano. Ela define o sogro como companheiro, amigável e alguém que adorava uma festa. Quando José pergunta peor Ramos, ela explica para o filho que, agora, o vovô mora no céu.

Rosane vai guardar para sempre as melhores lembranças daquele que estivera ao seu lado por quase quatro décadas. Os cafezinhos de manhã, as novelas e lutas na televisão e as músicas gaúchas antigas que ouviam juntos agora terão outro sentido. Para a dona de casa, fica a saudade de alguém que a fazia sorrir e com quem dividia todos os momentos.

Ramos faleceu no Hospital Universitário de Santa Maria (Husm) no dia 28 de março. Ele foi sepultado no dia seguinte no Cemitério Ecumênico de Santa Maria.

Morreu funcionário público Gilnei Tomasi Pahim

OUTROS FALECIMENTOS EM SANTA MARIA 

Funerária São Martinho

16/04

Catarina Bairro, aos 71 anos, foi sepultada no Cemitério São José, em Santa Maria

17/04

José Luiz Zago Martins, aos 60 anos, foi sepultado no Cemitério Picada dos Bastos, no distrito de Boca do Monte, em Santa Maria

Therezinha Peres do Nascimento, aos 73 anos, foi sepultada no Cemitério Ecumênico Municipal, em Santa Maria

21/04

Marlene Cezar Pereira, aos 71 anos, foi sepultada no Cemitério Municipal, na localidade de Dorasnal, em Santa Maria

As informações sobre falecimentos podem ser enviadas para natalia.zuliani@diariosm.com.br ou pelo telefone (55) 3213-7122

fale com a redação

quem somos
leitor@diariosm.com.br
(55) 3213-7110
(55) 99136-2472
(WhatsApp)

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3220-1717
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3220-1818
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)

para anunciar
(55) 3219-4243
(55) 3219-4249