contatos Assine
obituário

Morreu o tradicionalista Osvaldo Rodrigues da Costa

05 Janeiro 2018 00:00:00

Um avô querido, que adorava a lida do campo e o tradicionalismo. Confira outros falecimentos em Santa Maria e região

Fotos: Arquivo Pessoal/


Com uma alimentação bem saudável e uma rotina agitada, Osvaldo Rodrigues da Costa chegou aos 92 anos lúcido e independente. Ele morava com a filha Eledi, 57, em Santa Maria. Ele também era pai de Eroni, 53, Helio Roberto, 52, Jose Eroci, 46 e Jorge Deroci (já falecido) e tinha 12 netos e nove bisnetos.
De acordo com a família, o idoso não gostava de ficar parado: vivia caminhando e limpando e organizando as coisas dele. Além disso, era muito brincalhão, afetuoso e querido por todos.
- Ele sempre foi carinhoso e contava as histórias da infância para a família. Não esqueço de quando ele contou sobre uma ocasião em que foi ao armazém, a pedido dos pais, e, na volta, mentiu para ficar com o troco. Quando eles descobriram, meu pai apanhou, mas ele contava aquilo para ensinar a importância de não mentirmos em nenhum momento das nossas vidas. Esse foi um dos maiores ensinamentos que ele deixou - diz Eledi.
Costa não perdia uma chance de participar de festas e comemorações, principalmente, as da família.
- Eu fui a primeira neta a nascer, ele me chamava de primeira neta do pago dele e tinha muito zelo por mim. Não tinha quem não gostasse do meu avô. Ele se dava bem com a grande maioria das pessoas e nos ensinou a sempre perdoar - diz ela.

Costa foi casado por 50 anos com Carolina Oliveira da Costa (já falecida). Os dois moraram juntos em Santa Maria por 25 anos.
Quando o assunto era gastronomia, o idoso dizia que não podia faltar pastel de carne, seu lanche favorito. Ele também trocava qualquer refeição por um café com leite.
O idoso também foi jóquei e correu em várias carreiras no Interior. Sua grande paixão era ver os netos e bisnetos na lida do campo e passar os dias com eles, perto dos animais.
Apaixonado por música gaúcha, Costa não dispensava um bom baile e uma dança. Ele também desfilou pelos Centros de Tradições Gaúchas Ronda de Tropa e Os Araganos. Muito apegado às tradições, ele foi sepultado com a indumentária gaúcha, em 4 de dezembro, no Cemitério Santo Inácio, em São Martinho da Serra. Costa ficou internado no Hospital Universitário de Santa Maria (Husm) por cinco dias e morreu em 3 de dezembro, por causa de uma pneumonia. 

Morreu professora Ana Maria Leite Trevisan

OUTROS FALECIMENTOS EM SANTA MARIA E REGIÃO

Funerária Cauzzo 
12/12
Maria de Lourdes Oliveira Nicoloso, aos 91 anos, foi sepultada no Cemitério Santa Rita, em Santa Maria

20/12
Leda Leal Fernandes, aos 86 anos, foi sepultada no Cemitério Ecumênico Municipal, em Santa Maria
Helena Ignez Stefanello Barichello, aos 84 anos, foi sepultada no Cemitério Santa Rita, em Santa Maria 

Funerária São Martinho
29/12
Gelson Luiz da Silva Mendonça, aos 38 anos, foi sepultado no Cemitério Ecumênico Municipal, em Santa Maria

01/01
Eliziane Peres Vaz, aos 15 anos, foi sepultada no Cemitério Ecumênico Municipal, em Santa Maria

As informações sobre falecimentos podem ser enviadas para natalia.zuliani@diariosm.com.br ou pelo telefone (55) 3221-1616

mais sobre:

fale com a redação

quem somos
leitor@diariosm.com.br
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3220-1717
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3220-1818
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas mensagem de texto)

para anunciar
(55) 3219-4243
(55) 3219-4249