contatos Assine
obituário

Morreu o ferroviário Idalino Lourenço Pereira

12 Janeiro 2018 00:00:00

O ferroviário apaixonado pela família e comprometido com o trabalho. Confira outros falecimentos em Santa Maria e região

Fotos: Arquivo Pessoal


Foi em torno das estações de trem de Rosário do Sul, Uruguaiana, São Pedro do Sul e Santa Maria, que o ferroviário Idalino Lourenço Pereira, 92 anos, construiu a vida e se apaixonou pelo trabalho. Descrito pelos familiares como um homem comprometido e muito esforçado, ele se orgulhava de nunca ter tirado nenhum atestado durante todos os anos em que se dedicou ao serviço.
- Ele dava muito valor ao trabalho e à família. Até quando ele trabalhava, a gente dava um jeito de reunir os parentes para viajar junto com ele - relembra a filha Miriam Copette Pereira.
Entre as memórias marcantes que o ferroviário deixou, estão as viagens para a praia do Cassino no período das férias da família. Ela, a mãe, Ida de Lurdes (já falecida), e os irmãos, Sandra, Maristela e Antonio Sergio, iam para a praia de trem, aproveitando cada minuto do trajeto. 
O idoso e a esposa, que faleceu em 2015, conheceram-se em uma das viagens dele para o distrito de Boca do Monte, onde Ida morava. Os dois se casaram no dia 16 de julho de 1960, construindo uma grande família. Além dos quatro filhos, eles tinham, também, quatro netos: Kaber, Victor, Victória e Antonia.

- O pai era muito apegado e carinhoso com a família. Ele gostava que a gente se reunisse sempre que possível. Era um daqueles pais que não deixavam faltar nada para os filhos dentro de casa - comenta a filha Maristela.
De acordo com ela, o ferroviário ensinou os filhos a terem respeito com as pessoas mais velhas, deixou como lição a perseverança para trabalhar e, como legado, o carinho pela família.
Há cerca de dois anos, o ferroviário lutava contra os sintomas do Mal de Alzheimer. Ele morreu em 11 de dezembro de 2017, e o sepultamento ocorreu no dia seguinte, no Cemitério Santa Rita, em Santa Maria. A família preferiu não divulgar as causas do falecimento.

Morreu a centenária Susi Correa Domingues

OUTROS FALECIMENTOS EM SANTA MARIA E REGIÃO

Funerária Cauzzo
27/12
Helena Medina Schimitt, aos 78 anos, foi sepultada no Cemitério Ecumênico Municipal, em Santa Maria

29/12
Alvino Fragoso de Oliveira, aos 88 anos, foi sepultado no Cemitério São João, em Santa Maria

30/12
Elvio Dias Viero, aos 49 anos, foi sepultado no Cemitério de Colônia Pena, em Santa Maria
Jose Antonio Floresta Sesti, aos 54 anos, foi cremado no Crematório Dom José, em Santa Rosa

31/12
Idalina Carneiro Hasselmann, aos 90 anos, foi sepultada no Cemitério Ecumênico Municipal, em Santa Maria

01/01
Adorvando Francisco Trindade da Trindade, aos 63 anos, foi sepultado no Cemitério Jardim da Saudade, em Santa Maria

05/01
Carmelina Avozani Michelin, aos 96 anos, foi sepultada no Cemitério Santa Rita, em Santa Maria

As informações sobre falecimentos podem ser enviadas para natalia.zuliani@diariosm.com.br ou pelo telefone (55) 3221-1616

fale com a redação

quem somos
leitor@diariosm.com.br
(55) 3213-7110
(55) 99136-2472
(WhatsApp)

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3220-1717
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3220-1818
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas mensagem de texto)

para anunciar
(55) 3219-4243
(55) 3219-4249