contatos Assine
obituário

Morreu militar reformado Jose Javorsky

16 Março 2018 12:30:00

O avô participativo que tinha o sonho de conhecer a Hungria

Fotos: Arquivo Pessoal


O capitão reformado do Exército Jose Javorski, 81 anos, foi casado por 59 anos com seu grande amor, a funcionária pública aposentada Carmen Maria de Souza Javorsky, 78. Os dois se conheceram quando o militar ainda servia ao quartel em Santa Maria. Conforme conta a mulher, Javorski passava em frente à casa dela todos os dias, e ela sempre o cumprimentava. Esses acenos foram os primeiros gestos de muitos divididos ao longo de uma linda história de amor. Quando ela estava com 18 anos, e ele, com quase 20, os dois se casaram.  

- Ele foi meu primeiro namorado e o homem com quem me casei e dividi toda a minha vida. Mesmo com todas as nossas dificuldades, estávamos sempre juntos, em nenhum momento nos deixamos - recorda Carmen. 

O casal teve três filhos: Cristina, 58 anos, Alexandre, 57, e Cristiane, 56. Javorski era avô de Ana, 32, Carolina, 27, e Lucas e Raul, ambos com 23 anos. Ele também conseguiu realizar o sonho de ser bisavô com o nascimento da pequena Ryzi Liz, 4 meses. 

O militar adorava contar histórias para os netos e brincar com eles. Era um avô muito risonho, mas não deixava de orientar a gurizada e incentivar que todos se dedicassem aos estudos. 

- Ele brincava com a Carol e dizia para ela fazer Medicina e não ser professora como eu. De tanto ele incentivá-la, hoje, ela está formada em Medicina, e ele realizou o sonho de dançar a valsa de formatura com ela. Foi muito emocionante - lembra a nora e professora de português, Ivete Spat Javorsky, 55 anos. 

Nascido no município de Butiá, no Rio Grande do Sul, o idoso se mudou para Santa Maria para servir ao Exército, sua grande paixão de vida. Em 1956, ele se ligou ao Parque de Motomecanização de Santa Maria e, em 1984, foi transferido para Cachoeira do Sul, onde ficou até 1991, quando entrou para reserva pelo 13º Grupo de Artilharia da Campanha (GAP). Na instituição militar, ele conquistou grandes amigos. Segundo Carmen, ele era muito querido por todos do regimento. 

- O pai recebeu várias homenagens durante sua carreira no quartel. Ele foi agraciado com medalhas de bronze, prata e ouro e também ganhou a Medalha do Pacificador. Ele nos deixa um grande exemplo de caráter, honestidade, generosidade e amor incondicional - comenta a filha Cristiane. 

Colorado fanático, o militar não perdia um lance do seu time do coração e tinha toda a coleção de pôsteres do Internacional em quadros pendurados nas paredes da garagem de casa. Além disso, o idoso costumava assistir aos jogos dos outros times e conversar sobre as partidas. 

Muito bem informado, Javorski lia diariamente os jornais e revistas. Ele também tinha o costume de viajar com a família e conhecer novos lugares. 

- Um sonho que ele não conseguiu realizar foi o de conhecer o país dos pais dele, a Hungria. Tempos atrás, a última prima dele, a Clara, que estava viva, veio conhecer o Brasil e o convidou para passar uma temporada lá. Ele também falava húngaro com a irmã dele e, mesmo depois de anos de convivência, eu não entendia quase nada do que eles diziam - conta Carmen, aos risos. 

Outro legado que o militar da reserva deixa é o de ser solidário. Ele ajudava a toda a comunidade do Bairro Nossa Senhora de Lourdes, onde morava e também auxiliou na reforma da paróquia e da gruta do bairro. 

Javorski morreu em 1º de março, dia do seu aniversário, em decorrência de complicações de uma pneumonia. O idoso foi sepultado no mesmo dia, no Cemitério Ecumênico Municipal, em Santa Maria.

Morreu a dona de casa Doralina de Oliveira Sfredo

OUTROS FALECIMENTOS EM SANTA MARIA E REGIÃO 
Funerária Cauzzo
01/03
Heitor Midon Machado, aos 85 anos, foi sepultado no Cemitério Municipal, em Júlio de Castilhos
Aldeni Dutra dos Santos, aos 56 anos, foi sepultada no Cemitério Santa Rita, em Santa Maria

02/03
Olinda Beatrice Werlang, aos 90 anos, foi sepultada no Cemitério Municipal, em Santa Rosa

03/03
Catarina Elsa Gonçalves Caramês, aos 76 anos, foi sepultada no Cemitério Ecumênico Municipal, em Santa Maria

04/03
Jose Geraldo Ramos, aos 88 anos, foi sepultado no Cemitério Ecumênico Municipal, em Santa Maria
Valter Pissutti Pohlmann, aos 79 anos, foi sepultado no Cemitério São José, em Santa Maria

07/03
Walter Moreira dos Santos, aos 81 anos, foi sepultado no Cemitério Água Negra, em São Martinho da Serra

08/03
Luiz Carlos Buzzatti, aos 72 anos, foi sepultado no Cemitério Ecumênico Municipal, em Santa Maria

As informações sobre falecimentos podem ser enviadas para natalia.zuliani@diariosm.com.br ou pelo telefone (55) 3213-7122

fale com a redação

quem somos
leitor@diariosm.com.br
(55) 3213-7110
(55) 99136-2472
(WhatsApp)

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3220-1717
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3220-1818
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas mensagem de texto)

para anunciar
(55) 3219-4243
(55) 3219-4249