contatos Assine
obituário

Morreu autônomo Claiton Rodrigues de Souza

23 Abril 2018 12:30:00

Gremista fanático, ele não perdia um lance do time do coração. Confira outros falecimentos em Santa Maria e região

Fotos: Arquivo pessoal


O autônomo Claiton Rodrigues de Souza, 38 anos, foi descrito pela família como uma pessoa muito introvertida e que demonstrava seu amor de um jeito peculiar. Ele não costumava abraçar e beijar a mãe e os três filhos, mas estava sempre junto deles para ajudar no que fosse preciso. Morando com a mãe, Noeli Maria Queveda de Souza, 58, Souza tinha por habito almoçar com ela e, depois da refeição, deitar na cama da mãe para assistir programas de esporte.

- Ele tomava conta da minha cama e até me dizia que, na hora em que eu quisesse me deitar, era só falar. Eu não tinha esse hábito e ia lavar a louça para deixá-lo lá, deitado. Esses momentos estão me fazendo muita falta - emociona-se Noeli.

Claiton nasceu no Hospital Casa de Saúde, em Santa Maria, mas a família vivia em Sobradinho. Depois, todos se mudaram para o Coração do Rio Grande em busca de melhores condições de vida. Muito humildes, eles sempre valorizaram o respeito com o próximo. E esse foi um dos valores que o autônomo deixou para Caroline, 19 anos, Rodrigo, 14, e Lauren, 7, filhos dele. Noeli diz que Souza morava com ela porque se sentia bem na companhia da mãe:

- Às vezes, trocávamos poucas palavras, mas sabíamos que tínhamos a companhia um do outro, e isso bastava.

Mãe e filho moravam na Vila Lídia, no Bairro Noal, na região Centro Oeste da cidade. Lá, Souza era querido por todos os vizinhos e fez muitas amizades. Um dos seus melhores amigos, o azulejista Cristiano Leite da Silva, 31 anos, diz que Souza era um amigo muito alegre:

- Não tinha tempo ruim com ele. Nós estávamos sempre junto. Ele vivia lá em casa. O Claiton era um grande irmão. Já nos conhecíamos há 11 anos, e ele adorava se divertir. Era de nos convidar para passar no bar, reunia o pessoal lá em casa, ou na casa dele, fazíamos churrasco e ficávamos conversando e rindo bastante. Em todos os bons e maus momentos da minha vida, ele estava junto - recorda o amigo.

Claiton era irmão de Maria Cleci, 40 anos, e Cleiton, 37. Os três tinham uma ótima relação e eram muito unidos. Conforme a mãe deles, os irmãos nunca brigaram. Ainda segundo Noeli, o filho era muito tranquilo e estava sempre de bem com a vida.

Souza gostava muito da liberdade que tinha em sua profissão e, conforme a mãe, aproveitou todos os minutos de sua vida. Gremista fanático, ele foi algumas vezes ao estádio do time e acompanhava os jogos, de preferência, com os amigos.

- Mesmo com o fanatismo, ele respeitava a mim e ao irmão que somos colorados. Em um dos aniversários do Cleiton, o Claiton comprou uma camiseta linda do Internacional para ele - diz Noeli.

Souza faleceu em 30 de março em decorrência de um aneurisma. Ele foi sepultado no dia 1º de abril, no Cemitério Ecumênico Municipal, em Santa Maria. A demora para o sepultamento de Souza se deu em razão de a família autorizar a doação dos órgãos dele.

Morreu taxista Antonio José Pereira

OUTROS FALECIMENTOS EM SANTA MARIA E REGIÃO

Funerária São Martinho

09/04

Devanir de Oliveira Belmonte, aos 57 anos, foi sepultada no Cemitério Ecumênico Municipal, em Santa Maria

10/04

Wanderlei Schneider, aos 55 anos, foi sepultado no Cemitério Ecumênico Municipal, em Santa Maria

Melonias Leston, aos 68 anos, foi sepultado no Cemitério Santa Rita, em Santa Maria

Italia Terezinha Petri, aos 55 anos, foi sepultada no Cemitério Ecumênico Municipal, em Santa Maria

12/04

João Pedro Lorenci Dutra, aos 73 anos, foi sepultado no Cemitério de Santa Flora, localidade de Santa Maria

15/04

Claiton Rodrigues de Souza , aos 58 anos, foi sepultado no Cemitério São José, em Santa Maria

As informações sobre falecimentos podem ser enviadas para natalia.zuliani@diariosm.com.br ou pelo telefone (55) 3213-7122

fale com a redação

quem somos
leitor@diariosm.com.br
(55) 3213-7110
(55) 99136-2472
(WhatsApp)

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3220-1717
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3220-1818
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)

para anunciar
(55) 3219-4243
(55) 3219-4249