contatos Assine
obituário

Diretor de centro da UFSM é encontrado morto em Santa Maria

10 Maio 2018 17:06:00

Irineo Zanella era diretor do Centro de Ciência Rurais e marido da secretária de Cultura


Foto: Reprodução/Facebook

O diretor do Centro de Ciências Rurais (CRR) da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Irineo Zanella,63 anos, foi encontrado morto por volta das 15h30min desta quinta-feira, nas dependências do Centro de Tradições Gaúchas Sentinela da Querência, em Camobi. Conforme a Brigada Militar, que foi chamada ao local, o zootecnista já estava sem vida quando os policias chegaram. 

- Ainda não sabemos o que aconteceu. Éramos amigos de longa data. É uma grande perda para a comunidade, para a universidade e para o CTG - afirmou o presidente do Conselho Deliberativo do Sentinela da Querência e Gerente Administrativo do Hospital Universitário de Santa Maria (Husm), João Batista de Vasconcellos. 

Zanella era casado com a secretária de Cultura, Esporte e Lazer de Santa Maria, Marta Zanella, e tinha três filhos: Ângela, Andrigo e Andriza.  

Por volta das 16h, uma nota de pesar foi publicada no site da UFSM lamentando a morte do professor. Conforme a nota oficial, "Zanella era natural de Serafina Corrêa e construiu uma trajetória de mais de 30 anos dedicada à UFSM e ao movimento tradicionalista. Estava no segundo mandato como diretor do CCR e como patrão do CTG Sentinela da Querência. Ele também era professor titular do Departamento de Zootecnia da UFSM, além disso,apoiou a criação, na UFSM, do DTG Noel Guarany.

Zanella ingressou na UFSM em 1976 como aluno de graduação do curso de Zootecnia, concluído em 1979. Em 1982, concluiu o mestrado em Zootecnia pela Universidade Federal de Viçosa e, em 1998, o doutorado em Zootecnia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1998). Em 1985, iniciou a carreira como professor assistente no Departamento de Zootecnia da UFSM, progredindo para professor adjunto (1999) e associado (2007). Foi coordenador do curso de Zootecnia de 1988 a 1994. Foi vice-diretor do CCR por dois mandatos, de 2006 a 2013, e assumiu o cargo de diretor em 2014."

O reitor da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Paulo Burmann lamentou a morte do colega e amigo. A UFSM decretou luto oficial de três dias.

- É um fato totalmente inesperado, lamentável em todos os aspectos das relações humanas, a nossa grande neste momento é para os familiares, não é necessário dizer que nós lamentamos profundamente o acontecido. Era um diretor bastante presente em todas as discussões que envolviam os interesses da universidade, levamos a nossa mensagem de amparo e solidariedade à, família, amigos e colegas pela perda do professor - disse o Reitor. 

Em razão do falecimento, os vereadores realizaram um minuto de silêncio durante a sessão plenária na Câmara de Vereadores de hoje. Como sinal de respeito à vereadora, os edis decidiram suprimir os discursos desta quinta-feira.

A assessoria de imprensa da prefeitura de Santa Maria  divulgou uma nota lamentando a morte do diretor do CCR decretou Luto Oficial de um dia. 

A polícia trabalha com a hipótese de suicídio.

Segundo a nota de falecimento divulgada pela UFSM, o velório do diretor será realizado a partir das 23h desta quinta-feira até as 16h de sexta no Espaço Multiuso do campus, em Camobi. O sepultamento será em Serafina Corrêa. 

fale com a redação

quem somos
leitor@diariosm.com.br
(55) 3213-7110
(55) 99136-2472
(WhatsApp)

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3220-1717
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3220-1818
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)

para anunciar
(55) 3219-4243
(55) 3219-4249