contatos Assine
cidadania

Mulheres se unem para ajudar animais de rua abandonados

09 Abril 2018 14:00:00

Veja como você pode ajudar a associação

Luisa Neves

Foto: Gabriel Haesbaert
As parceiras: Letícia Adamy (da esq. para a dir.), Andreia Brasil, Marce Siqueira e Rejane Canedas se uniram para resgatar bichos de rua

Há dois anos, Marce Siqueira, Letícia Adamy e Andrea Brasil reuniram-se para colocar em prática um desejo em comum: proteger e ajudar animais abandonados, doentes ou perdidos em Santa Maria. Com o tempo, outras pessoas uniram-se ao objetivo e o que era apenas uma iniciativa particular transformou-se no projeto Somos Pet.

Inconformada com o grande número de animais abandonados em Santa Maria e apaixonada por bichos desde criança, a administradora Andrea, resolveu arregaçar as mangas e fazer a diferença para a bicharada.
- Tudo começou quando resgatei um animalzinho machucado na rua. A partir dali, percebi a carência que a cidade tem em tratar, castrar e doar animais em vulnerabilidade. Imediatamente, quis me envolver com essa causa. Mas sabia que, sozinha, não conseguiria. Pedi ajuda a Letícia, que é veterinária, e demos início ao projeto - conta Andrea.

Protetora ensina a fazer caminha para pets aproveitando material usado

Logo, a psicopedagoga Marce aliou-se à causa. Depois, a psicóloga Betania Stangarlin e a funcionária Cláudia Silveira Spall uniram forças com a iniciativa. Juntas, já ajudaram mais de mil animais com alimento, castração e adoção. Marce conta que a cidade tem muitos animais machucados, doentes, famintos e que precisam ser castrados. Para ela, não existe a possibilidade de negligenciar essas necessidades.

- Nunca deixei um animal em situação de desespero. Não podemos ignorá-los, tampouco deixá-los a perigo nas ruas ou doentes. Nossa intenção com o Somos Pet é unir forças e buscar recursos para mudarmos nem que seja um pouco desta situação. Desde o início do projeto, realizamos brechós e rifas, promovemos risotos beneficentes e vendemos livros para comprar ração e medicamento e pagar consultas ou castrações. Sem a ajuda da comunidade, não poderíamos fazer nada - desabafa a voluntária.

Saiba o que é a tosse canina e como tratar

PRESTAÇÃO DE CONTAS
Letícia explica que a Somos Pet presta conta de todos os recursos em dinheiro que chegam ao projeto. Para isso, as voluntárias usam as redes sociais e mantém uma tabela atualizada de doações que pode ser vista na sede do projeto, na Pet Shop Dom Canino.
- Quando as pessoas fazem doações em dinheiro, pedimos que nos enviem o comprovante de depósito. Tudo fica arquivado e pode ser visto a qualquer momento - garante a veterinária.

Cooperação mútua é o segredo de cidadania dos Caras do Bem

Ela lembra que diversas clínicas de Santa Maria ajudam na recuperação e castração de cães e gatos acolhidos no Somos Pet. Segundo Andrea, a prestação de contas é fundamental para que o Somos Pet mantenha a credibilidade que conquistou deste o início.

- Quando os recursos não chegam, colocamos dinheiro do próprio bolso, mas não deixamos um animal ferido sem atendimento. Felizmente, contamoscom vários parceiros, entre eles, protetores independentes ou outros projetos. A ajuda mútua é fundamental para persistirmos - afirma Andrea.

Ex-jogador de futebol de Santa Maria leva esporte ao Beco da Tela

Letícia destaca que o apoio das clínicas Vet Center, Animal Vet, Bichos e Capricho e Sede do Cachorro são essenciais para que os animais acolhidos sejam atendidos, tratados, castrados e medicados por especialistas. 

COMO AJUDAR
O Somos Pet recebe doações em dinheiro, ração e medicamentos. Além disso, realiza ações específicas como risotos beneficentes e brechós com o objetivo de arrecadar recursos. Os contatos podem ser feitos pelo Facebook.

Aposentada é o anjo da guarda dos moradores do bairro Chácara das Flores

PONTOS DE ARRECADAÇÃO

  • Casamanda Interiores. Avenida Presidente Vargas, 1.119. Fone (55) 3223-1000
  • Vest Branco. Rua Venâncio Aires, 1.536.
  • Izabel Modas, na Astrogildo de Azevedo, 389. Centro. (55) 3223-3289
  • Escritório de advocacia Daiane da Silveira. Rua Floriano Peixoto, 1.124, sala 201, edifício São Pedro
  • Dom Canino Pet Shop. Rua Antônio Botega, 807, Bairro São José. (55) 3347-8440
  • Quartel da Brigada Militar, Bombeiros em Camobi na Rótula da UFSM

fale com a redação

quem somos
leitor@diariosm.com.br
(55) 3213-7110
(55) 99136-2472
(WhatsApp)

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3220-1717
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3220-1818
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas mensagem de texto)

para anunciar
(55) 3219-4243
(55) 3219-4249